Fábio Lázaro
07/08/2020
14:33
Santos (SP)

Cuca foi anunciado na tarde desta sexta-feira (07) como novo treinador do Santos, em um momento delicado do clube e o receio pelo rebaixamento no Campeonato Brasileiro, que se inicia neste fim de semana. A situação é semelhante a qual o mesmo treinador chegou ao Peixe em 2018, na sua segunda passagem no clube, e executou o trabalho de recuperação.

Movido por esse retorno, o Alvinegro Praiano lançou a campanha #DesacreditaNão, que remete ao momento vivido a menos de um ano e o ponto onde tudo mudou.

Naquela temporada a torcida abraçou o elenco, lotando a Vila Belmiro em jogos importantes, e o time saltou da 15ª colocação, a um ponto da zona do rebaixamento, condição deixada por Jair Ventura, para a 10ª posição, a oito pontos do Z-4, tendo até brigado por uma vaga na zona de classificação para a Copa Libertadores da América de 2019, o que não se concretizou ao fim da competição.

– Temos confiança neste reencontro, na capacidade da nova comissão técnica e do nosso elenco de termos boas participações no Brasileirão e Copa do Brasil, além da continuação na Conmebol Libertaores da América – diz trecho do manifesto publicado pelo Peixe em seu site oficial.

Cuca também usa 2018 como motivação

A expectativa inicial da diretoria era contar com ele no ano seguinte, mas isso não aconteceu. No fim de 2018, Cuca deixou o clube alegando problemas cardíacos.

– Saí do Santos FC em 2018, em um momento em que precisava cuidar da minha saúde, e sabia que um dia voltaria para ter mais uma oportunidade nesse gigante do futebol. Da última vez, também tínhamos alguns problemas, o clube não estava bem na classificação, mas com o esforço de todos conseguimos evoluir e melhorar a situação, ainda que longe do que queríamos – disse em mensagem divulgada pelo Santos.

O treinador, que esse afirma estar “completamente recuperado” das complicações no coração, também admite estar motivado com o momento de reestruturação no futebol santista.

– Estou muito motivado com essa responsabilidade e me sinto extremamente capacitado e comprometido em ajudar nesse processo – garante Alexi Stival.

Cuca chega ao Alvinegro Praiano para a sua terceira passagem como treinador. Além de 2018, o técnico também trabalhou no Peixe em 2008.

Cuca
Após demissão de Jesualdo Ferreira, Cuca foi anunciado como novo técnico do Santos (Foto: Ivan Storti/Santos)