Fábio Lázaro
07/08/2020
12:33
Santos (SP)

Cuca é o novo técnico do Santos. Após rápida negociação entre ele e a diretoria, o treinador volta ao Peixe, para a sua terceira passagem, um ano e oito meses depois do seu trabalho mais recente no clube, entre julho e dezembro de 2018. O contrato do treinador tem validade até fevereiro, quando termina o Brasileirão.  

O nome de Cuca já vinha sendo estudado por parte da diretoria desde o último fim de semana, mas ainda era necessário confirmar a demissão de Jesualdo Ferreira, que se concretizou nesta sexta-feira (07). Um impasse entre integrantes do Comitê de Gestão e o Departamento de Futebol, liderado por William Thomas, que era favorável a permanência do técnico português, e pediu demissão na manhã desta quinta-feira (06), arrastou, tanto o desligamento de Jesualdo, quanto o acerto com o novo treinador.

Cuca recebeu os primeiros contatos da diretoria na tarde de quinta, mas o negócio avançou no período da noite, quando os gestores se reuniram para avaliar os nomes disponíveis e consentiram que Alexi Stival era o plano A.

Somando as duas passagens do treinador pelo Alvinegro Praiano, em 2008 e 2018, são 41 jogos que Cuca esteve à frente do Santos, com 13 vitórias, 13 empates e 15 derrotas.

O Peixe estreia no Brasileirão neste domingo (09), às 16h, contra o Red Bull Bragantino, na Vila Belmiro. Após ter folgado no último fim de semana, o elenco se reapresentou na segunda-feira (03), quando iniciou os trabalhos focados no confronto diante do Massa Bruta sob o comando de Jesualdo Ferreira, que também treinou o time na terça-feira (04). , quem dirigiu a atividades de segunda e terça-feira foram os interinos Pablo Fernandez, técnico do sub-20 santista, e Rodrigo “Chip” Caserin, do sub-17.

Cuca chega com o seu "fiel escudeiro" Cuquinha, como auxiliar técnico, e o preparador físco Omar Feitosa, que recentemente deixou o Palmeiras. 

Cuca
Cuca chega a sua terceira passagem como técnico do Peixe (Foto: Ivan Storti/Santos)