Cuca

Contra o Inter, Cuca dirigirá o Santos pela segunda vez em sua terceira passagem no clube (Foto: Ivan Storti/Santos)

Fábio Lázaro*
13/08/2020
08:00
Santos (SP)

Com problemas internos, desempenho abaixo do esperado no Campeonato Paulista e cedendo o empate por 1 a 1 ao Red Bull Bragantino no último minuto na estreia do Brasileirão, no último domingo (09), o Santos vê no confronto diante do Internacional, nesta quinta-feira (13), às 19h30, no Beira Rio, em Porto Alegre, a possibilidade de se reencontrar com a boa fase.

Para isso, o Peixe conta com um motivado Cuca no banco de reservas. Questionado por boa parte da torcida santista desde que foi anunciado, na última sexta-feira (07), o técnico, que estava há 11 meses sem trabalhar, quer mostrar serviço no Peixe e tem mexido com as estruturas do elenco, não só nas atividades de campo, mas como no fator psicológico.


O treinador entende que o moral dos jogadores está afetado com os problemas recentes, e busca levá-los ao foco no campo e a busca por resultados positivos. A comissão técnica ficou satisfeita com o futebol apresentado contra o Massa Bruta na estreia do nacional, mas contava com uma vitória em casa para aumentar a confiança dos atletas. O plano de Cuca e equipe agora é surpreender em Porto Alegre, mesmo sabendo da dificuldade em enfrentar o Colorado em seus domínios.

O Santos encerrou a sua preparação para o duelo diante do Inter na manhã desta quarta-feira (12), viajando para a capital gaúcha em sequência. De acordo com a “Gazeta Esportiva”, o técnico santista esboçou o time titular com três zagueiros, com a entrada de Luiz Felipe, no lugar de Kaio Jorge, com Carlos Sánchez atuando como “falso nove”.

* Sob supervisão de Vinícius Perazzini