O Galo teve uma noite de futebol seguro contra os reservas do Santos, que poupou os titulares para a final da Libertadores, sábado, contra o Palmeiras

Guilherme Nunes disputa bola aérea (Pedro Souza/Atlético-MG)

LANCE!/DIARIO DO PEIXE
26/01/2021
21:56
Santos (SP)

O Santos coleciona três derrotas seguidas no Brasileirão. Jogando na noite desta terça-feira no Mineirão, o Peixe perdeu por 2 a 0 para o Atlético-MG.

Os dois gols do time atleticano foram marcados por Savarino com menos de 20 minutos de bola rolando. O primeiro deles, com dois minutos de partida.

No final do confronto, o jogador Madson, um dos atletas mais experientes do Santos, falou sobre o revés.

- Todos nós sabemos a importância do jogo de sábado (final da Libertadores). O professor Cuca tentou montar a melhor equipe para hoje, mas creio que foi um jogo muito travado, decidido nos primeiros 20 minutos. O Atlético praticamente não criou chance, assim como a gente. Acho que a equipe suportou bem, foram mesmo os 20 primeiros minutos que pecamos. Mas agora já passou, é concentrar e focar no sábado para quem sabe buscar o título - disse Madson ao microfone do canal Première.

Agora, todas atenções do Peixe mais do que nunca estão na final da Copa Libertadores. O duelo contra o Palmeiras, no Maracanã, ocorrerá no próximo sábado. Já no Brasileirão o Santos só volta a jogar no dia 3 de fevereiro, contra o Grêmio, no Sul. A equipe do técnico Cuca, com a derrota para o Atlético-MG, caiu para a décima colocação da tabela no campeonato nacional.