Santos x Red Bull

Felipe Jonatan gostou do desempenho da equipe na vitória sobre o Red Bull (Foto: Arthur Faria/Lancepress)

LANCE!
25/03/2019
16:40
São Paulo (SP)

A boa atuação do Santos diante do Red Bull no último sábado ainda repercute entre torcedores, analistas e jogadores. Nesta segunda-feira, em entrevista coletiva no CT Rei Pelé, foi a vez do lateral-esquerdo Felipe Jonatan elogiar o desempenho da equipe na vitória por 2 a 0 pela partida de ida das quartas de final do Paulistão-2019. Agora, para a volta em Campinas, nesta terça-feira, a ordem é foco e concentração para garantir uma vaga na semifinal da competição.

- A gente fez uma bela partida contra o time do Red Bull e acho que a gente precisa manter esse aspecto de vontade. Fomos bem nesse jogo, com uma nova cara para o time, e com isso só temos a evoluir. Temos uma vantagem muito boa, mas não podemos cair nesse negócio de favoritismo, porque não tem nada disso - avaliou o jovem ala.

Outro aspecto importante apontado por Felipe foi a declaração de Victor Ferraz, na última sexta-feira, que havia prometido a melhor versão do Peixe nesta temporada. Para ele, as palavras do capitão e a atitude do time dentro de campo foram demonstrações de força do elenco na busca por conquistas.

- Eu acho que a semana foi bem trabalhada. O Victor (Ferraz) foi bem feliz na entrevista que ele deu, e com isso a gente demonstrou dentro de campo que nada fora de campo vai atrapalhar. A gente mostrou que o Santos vai brigar por título, vai brigar sempre por vitória. A gente sabia que tinha que mudar a cara do Santos, a gente tem que brigar por coisas grandes. Acho que isso foi determinante dentro de campo para a gente sair com a vitória e dar um grande passo para as semifinais - comentou o atleta.

Felipe Jonatan também aproveitou para dizer que ainda está adquirindo confiança no clube e que tem muito a melhorar em suas atuações daqui para frente, embora tenha gostado do que fez no último sábado, diante do Red Bull. Segundo ele há a necessidade de aperfeiçoar a parte defensiva para descer mais ao ataque e, assim, começar a dar assistências e marcar gols.

- Na minha visão, eu não fiz o meu melhor jogo ainda, mas eu tenho certeza que esse último, e o jogo da minha estreia foram os melhores, mas ainda tenho muito a evoluir. Não estou sentindo a confiança que eu tinha no Ceará ainda, mas jogo a jogo, treino a treino, estou conquistando isso dentro do clube, e a tendência é melhorar, evoluir cada vez mais. Preciso melhorar um pouco na parte defensiva, que é o meu forte e, aos poucos, me soltar no ataque. Naturalmente assistências e gols vão sair, com isso vai voltando a confiança que eu tinha lá no Ceará para dar seguimento aqui no meu trabalho - concluiu.

O Santos volta a campo nesta terça-feira, às 20h, no Moisés Lucarelli, para encarar o Red Bull pela partida de volta das quartas de final do Paulistão-2019. Com a vantagem no primeiro jogo, o Peixe pode perder por até um gol de diferença para garantir vaga na semifinal da competição.