Cuca e Domènec Torrent

Após a derrota para o Flamengo, Cuca reclamou novamente dos critérios do VAR( Foto: Ivan Storti/Santos FC)

Fábio Lázaro
30/08/2020
20:22
Santos (SP)

Cuca teve uma semana para treinar o Santos visando a partida contra o Flamengo, neste domingo (30), pela sexta rodada do Brasileirão, na Vila Belmiro. E mesmo com a derrota por 1 a 0, o treinador ficou satisfeito com a atuação da equipe, na qual considera perto do que considera ideal, embora veja pontos de melhoria, principalmente no quesito finalização.


– Jogamos como a gente sempre busca, jogadas construídas, as vezes jogadas individuais também. Nós temos coisas a melhorar, mas a gente foi bem na partida. Perdemos muito gol. Perdemos de novo gols incríveis no começo do segundo tempo também – disse o técnico em entrevista coletiva virtual realizada após o jogo.

O comandante santista acredita que alguns erros de pontaria cometidos contra o Fla podem ser justificados pelo abalo psicológico que a equipe sofreu após ter dois gols anulados ainda no primeiro tempo, quando o jogo ainda estava empatado em 0 a 0.

É um jogo que se você faz 1 0, o adversário vi abrir e você vi ter a chance de fazer o segundo, terceiro e matar o jogo. E se você empata o emocional sobe, o que naquele momento o emocional tá abalado, porque você faz um gol e é anulado, faz outro gol, comemora, e é anulado, abala. Qualquer ser humano fica abalado, não só quem joga, quem tá no banco também – afirmou o treinador.

Com o calendário de jogos apertado mais do que o normal, devido aos quatro meses de paralisação, decorrente da pandemia do novo coronavírus, o elenco santista não terá uma semana cheia até outubro. Na próxima terça-feira (15), o Alvinegro Praiano passará a conciliar o Brasileirão com a Copa Libertadores.