Bryan Angulo, do Emelec

Bryan Angulo foi pauta de uma conversa entre Sampaoli e José Carlos Peres. Santos vê negócio como difícil (AFP)

Arthur Faria
04/02/2019
08:00
Santos (SP)

O atacante Bryan Angulo, do Emelec, do Equador, foi tema de uma conversa entre o técnico Jorge Sampaoli e o presidente José Carlos Peres no Santos. A negociação é vista como difícil, pois o Peixe já tem um número alto de jogadores estrangeiros em seu elenco.

Nas partidas no Brasil, cada equipe pode ter cinco atletas estrangeiros relacionados para os jogos, com o limite de três dentro de campo. O Santos já conta com os gringos Felipe Aguilar e Jonathan Copete (Colômbia), Yeferson Soteldo (Venezuela), Bryan Ruiz (Costa Rica), Carlos Sanchez (Uruguai) e Serlis González (Paraguai).

Em rápido contato com a reportagem do LANCE!, o presidente do Emelec, Nassib Neme, disse que nunca recebeu nenhuma sondagem pelo jogador equatoriano.

No Santos, uma das prioridades de Sampaoli é um centroavante, uma das funções que o equatoriano executa no Emelec. O treinador não tem utilizado um camisa 9 durante as partidas. 

Bryan Angulo tem 23 anos e 1,82 m. Em 2018, se destacou ao marcar 31 gols em 45 jogos. O jovem atacante está no Emelec desde 2014 e é cobiçado também pelo mercado norte-americano.

O Santos tem a melhor campanha do Paulistão, com 12 pontos, mas Sampaoli tem pressionado Peres por reforços para que tenha um revezamento na equipe. Em fevereiro, o Peixe terá mais duas competições: Copa do Brasil e Sul-Americana.

Vale lembrar que o Santos tem três centroavantes no elenco. Felippe Cardoso, que está lesionado, Yuri Alberto e Kaio Jorge.