Palmeiras x Deportivo Táchira - Scarpa

Gustavo Scarpa vem acumulando boas atuações e se destacando no Verdão (Foto: Cesar Greco/SE Palmeiras)

Julia Mazarin
25/05/2022
15:39
São Paulo (SP)

Destaque na vitória do Palmeiras por 4 a 1 sobre o Deportivo Táchira (VEN), pela Libertadores, com três gols marcados, Gustavo Scarpa voltou a ser aproveitado pelo treinador Abel Ferreira e está correspondendo, independentemente da posição em que atua.

> Veja os jogadores de Copa do Mundo que atuam no Brasil 

Em 2018, após resolver questões judiciais com o Fluminense e se recuperar de uma lesão no calcanhar, o meia chegou ao Verdão e reforçou a equipe na reta final da campanha do título Brasileiro daquele ano. Nas temporadas seguintes, o camisa 14 começou a se tornar um dos pilares no setor de armação e de assistências do time.

Desde que vestiu a camisa alviverde pela primeira vez, o atleta sempre esteve presente na lista de maiores garçons da temporada. Além disso, em 2020, se tornou um dos 16 jogadores da história que conseguiram conquistar o Paulistão, o Brasileiro, a Copa do Brasil e a Libertadores pelo clube.

> Clique e confira a tabela completa e simulador do Brasileirão!

Já em 2021, Gustavo Scarpa se consolidou de fato no Palmeiras. O meia conseguiu superar seus recordes de anos anteriores e chegou à marca de 22 assistências na temporada e oito gols marcados.

Antes uma opção concreta pelo lado esquerdo do ataque, com possibilidade de variação pela lateral, como aconteceu na partida contra o Táchira, o meia tem atuado mais centralizado e com a função de principal armador do time, principalmente na ausência de Raphael Veiga.

- Todos sabem da minha posição de preferência, mas o Abel também sabe que pode contar comigo independente de onde eu atuo. Todo jogador tem suas preferências, suas facilidades. Acontece que já mostrei em outros momentos que consigo render como um ponta-esquerda, mais aberto, e estou aqui para ajudar. Mostrei isso ao longo dos anos e continuo à disposição - disse Scarpa sobre as diversas funções que exerce no Verdão.

As tentativas do professor Abel Ferreira para o camisa 14 se resumem em uma tentativa de suprir posições carentes em alguns momentos, além da recuperação de um alto desempenho já demonstrado pelo jogador — o que vem dando resultado.

- Acho que consegui dar a volta por cima no Palmeiras por saber da minha capacidade individual. Acho que resiliência seja a palavra certa. Nunca deixei de acreditar em mim e acho que a força do grupo, de todos esses anos, me ajudaram muito. Independente de tudo que passou, valorizo o momento. Foi a primeira vez que fiz três gols em uma partida e isso ajuda a entender a importância que coloco em tudo - desabafou.

Nome certo do Palmeiras nas últimas rodadas, com atuações ‘de gala’ e números positivos, Scarpa não deu detalhes em relação a uma possível renovação com o clube. Ao ser questionado sobre o assunto, o meia foi direto.

- É um assunto que vem sendo resolvido com a diretoria. Acredito que tudo dará certo no final quando todas as partes se entenderem - concluiu.

Versátil, tanto ofensiva quanto defensivamente, vale lembrar que Gustavo Scarpa acumula 198 jogos pelo Verdão, 35 gols marcados e 44 assistências, sendo assim o segundo maior garçom do elenco atual.

Confira os números de Scarpa pelo Palmeiras até o momento:

2022: 25 jogos - quatro gols e cinco assistências
2021: 55 jogos - oito gols e 22 assistências
2020: 47 jogos - quatro gols e oito assistências
2019: 47 jogos - 13 gols e sete assistências
2018: 24 jogos - seis gols e duas assistências