Gianni Infantino

Gianni Infantino desconversou ao tratar do título da Copa Rio do Palmeiras, em 1951 (Foto: AFP)

LANCE!
09/04/2019
16:07
São Paulo (SP)

Gianni Infantino, presidente da Fifa, desconversou ao ser perguntado sobre o título do Palmeiras da Copa Rio de 1951. Depois de a entidade já ter chancelado a conquista como Mundial de Clubes na gestão anterior, o atual dirigente ainda diz que precisará pensar em uma solução sobre o caso, citando, em tom de brincadeira, uma reunião com o presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, palmeirense assumido.

- Já decidimos dar o título de campeão mundial a todos que ganharam a Copa entre Europa e América do Sul desde 1960. E 1951 é um pouquinho mais para trás. Vamos falar com o presidente Bolsonaro e vamos ver que solução teremos. Mas o Palmeiras pode ganhar o próximo Mundial de Clubes. Por que não? - respondeu Infantino, em entrevista à TV Globo.

Joseph Blatter reconheceu em 2014, quando ainda presidia a Fifa, que o Palmeiras era campeão mundial. O clube trabalha há alguns anos por esta confirmação, mas que de tempos em tempos ela é tratada de forma diferente pela entidade. Ano passado, já fora do cargo, Blatter repetiu: o Palmeiras é o primeiro campeão mundial de clubes.

A Fifa reconheceu a conquista da Copa Rio como o primeiro título mundial de clubes em 2014, quando o suíço ainda estava no comando - ele renunciou em 2015 após escândalos de corrupção. Em 2017, já com Infantino, as conquistas entre 1960 e 2004 da Copa Intercontinental foram classificadas como Mundiais. A Copa Rio não entrou na pauta.

A competição vencida pelo Palmeiras ocorreu entre os dias 30 de junho e 22 de julho de 1951 e paralisou a disputa dos campeonatos regionais daquele ano. Os jogos ocorreram no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, e no Maracanã, no Rio de Janeiro.

Na primeira fase, Estrela Vermelha, Juventus, Nice e Palmeiras jogaram na capital paulista, enquanto Áustria Viena, Nacional, Sporting e Vasco atuaram no Rio. As equipes se enfrentaram em turno único dentro de seus respectivos grupos. Os dois melhores colocados de cada chave avançaram às semifinais, e, em seguida, às finais, disputadas em dois jogos cada.

Na semi, o Palmeiras eliminou o Vasco. A final da foi disputada em dois confrontos entre Palmeiras e Juventus. Os brasileiros venceram o primeiro por 1 a 0 e empataram o segundo por 2 a 2. Os dois duelos foram no Maracanã.

Desde 2017, o Verdão colocou em seu uniforme a estrela vermelha em cima do símbolo, em homenagem à Copa Rio. O detalhe estava previsto em estatuto, mas não era usado.