Felipão

Treinador ganhou as seis últimas partidas, e sem o time sofrer gol em nenhuma delas (Agência Palmeiras/Divulgação)

William Correia
26/05/2019
10:00
São Paulo (SP)

A vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, nesse sábado, em Brasília, garantiu ao Palmeiras mais uma rodada na liderança isolada do Campeonato Brasileiro, e marcou a excelente fase atual do time. Foi a sexta partida consecutiva que o Verdão ganhou, maior sequência nesta passagem pelo clube do técnico Luiz Felipe Scolari, iniciada em julho do ano passado.

Neste período com 100% de aproveitamento, destaca-se a defesa: em todos estes seis jogos, a equipe não sofreu nenhum gol, sendo também a maior sequência nesta passagem de Scolari com a defesa imbatível. O ataque, por sua vez, balançou as redes em dez oportunidades, com o zagueiro Gustavo Gómez, o volante Bruno Henrique e o centroavante Deyverson como artilheiros nestes últimos seis compromissos - dois gols cada um.

A última vez que o Verdão entrou em campo e não ganhou foi no 1 a 1 diante do CSA, em 1 de maio, pelo Brasileiro. Depois, fez 1 a 0 sobre o Inter, no dia 1, pelo Brasileiro, e o argentino San Lorenzo, no dia 8, pela Libertadores, ambos no Allianz Parque. Na sequência, 2 a 0 diante do Atlético-MG, no dia 12, no Mineirão, e 4 a 0 contra o Santos, no dia 18, no Pacaembu, ambos pelo Brasileiro, e 1 a 0 sobre o Sampaio Corrêa, nessa quarta-feira, no Maranhão, pela Copa do Brasil, e o Botafogo, nesse sábado, em Brasília, pelo Brasileiro.

A última vez em que o Palmeiras ganhou seis partidas seguidas foi no ano passado, com o antecessor de Felipão. Roger Machado estreou no comando do Palmeiras vencendo seus seis primeiros jogos, todos pelo Campeonato Paulista, com mais gols feitos (12) e sofridos (três) em relação à sequência atingida pela equipe agora.

Em 2018, o Verdão de Roger Machado fez 3 a 1 sobre o Santo André, no Allianz Parque, em 18 de janeiro, 1 a 0 diante do Botafogo, em Ribeirão Preto, em 21 de janeiro, 2 a 1 contra o Red Bull, em casa, em 25 de janeiro, 2 a 0 ante o Bragantino, como visitante, em 28 de janeiro, 2 a 1 sobre o Santos, em São Paulo, em 4 de fevereiro, e 2 a 0 contra o Mirassol, com mando do adversário, em 10 de fevereiro.

A sequência de resultados em 2019 teve consequência em todas as competições. Neste período, o Palmeiras ultrapassou o Atlético-MG ao vencê-lo para ficar com a liderança do Campeonato Brasileiro, manteve a condição ao golear o Santos e se mantém na ponta independentemente dos resultados deste domingo, com 16 pontos somados em 18 dos possíveis.

Na Libertadores, ao bater o San Lorenzo, avançou às oitavas de final com a melhor campanha. E disputa o confronto de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, nesta quinta-feira, no Allianz Parque, podendo empatar diante do Sampaio Corrêa para se classificar - apenas uma derrota alviverde por um gol de diferença leva a definição para os pênaltis.