Gustavo Gómez tenta se recuperar para formar dupla com Luan novamente

Incômodo muscular de Luan e Gómez na Copa América devem desfazer dupla de zaga (Agência Palmeiras/Divulgação)

William Correia
26/05/2019
08:00
São Paulo (SP)

A vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, nesse sábado, em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro, pode ter sido a última atuação junta de Luan e Gustavo Gómez antes de as competições pararem durante a Copa América. Ambos atingiram 1061 minutos consecutivos sem o time sofrer gol com os dois em campo, mas um problema muscular de Luan pode antecipar a pausa da dupla.

O camisa 13 precisou ser substituído aos 26 minutos do segundo tempo, reclamando de dores na virilha. O zagueiro passará por exames para saber se o incômodo pode ser uma contusão e já iniciará tratamento neste domingo, quando a delegação retornará para São Paulo, na Academia de Futebol. De qualquer forma, só poderá atuar mais duas vezes com Gómez neste semestre.

Autor do gol da vitória nesse sábado, após converter pênalti sofrido por Deyverson, Gustavo Gómez disputará a Copa América. O zagueiro tem apresentação marcada com a seleção paraguaia no dia 3, o que lhe daria condições de enfrentar o Sampaio Corrêa, na quinta-feira, no Allianz Parque, pela Copa do Brasil, e a Chapecoense, no domingo, em Santa Catarina, pelo Brasileiro. Mas existe a possibilidade de o clube liberá-lo antes.

Na costumeira alternância nas escalações, o técnico Luiz Felipe Scolari deveria dar nova chance a Antonio Carlos e Edu Dracena contra o Sampaio Corrêa, já que ambos atuaram na vitória por 1 a 0 na ida das oitavas de final da Copa do Brasil, no Maranhão, na quarta-feira. E escalaria Luan e Gómez novamente no domingo, em Chapecó (SC). Mas também poderia aproveitar a última semana com Gómez usando-o nas duas partidas antes de liberá-lo para o Paraguai.

Atuando mais tempo juntos desde a definição das duplas de zaga com a chegada de Felipão, em julho, Luan e Gómez já formaram a principal parceria no ano passado e, em 2019, não leva gol desde 2 de fevereiro, quando Danilo Avelar definiu a vitória por 1 a 0 do Corinthians, aos sete minutos de Dérbi. De lá para cá, são 11 partidas que eles iniciaram juntos e o time não levou gol.

Caso Luan não tenha condições físicas de jogar, o mais provável é que Antonio Carlos ganhe uma oportunidade ao lado de Gómez. Foi ele o escolhido para substituir o camisa 13 em Brasília e tem a confiança de Scolari, como o próprio treinador falou depois da vitória sobre o Botafogo.

- (Luan e Gómez) É uma dupla de zaga que se acertou muito e, por isso, dá uma garantia muito grande ao Palmeiras. Mas, quando entrou o Antonio Carlos, correspondeu plenamente e se integrou com o Gustavo da mesma forma que o Luan. Temos bons jogadores. Tudo tranquilo, seguimos em frente - disse.

Confira a sequência de jogos sem levar gol de Luan e Gustavo Gómez juntos:

2/2 - Palmeiras 0 x 1 Corinthians - 93 minutos
17/2 - Ferroviária 0 x 0 Palmeiras - 95 minutos
23/2 - Palmeiras 0 x 0 Santos - 28 minutos (Luan se machucou)
7/4 - Palmeiras (4) 0 x 0 (5) São Paulo - 98 minutos
10/4 - Palmeiras 3 x 0 Junior Barranquilla - 95 minutos
25/4 - Melgar 0 x 4 Palmeiras - 95 minutos
28/4 - Palmeiras 4 x 0 Fortaleza - 95 minutos
4/5 - Palmeiras 1 x 0 Inter - 96 minutos
8/5 - Palmeiras 1 x 0 San Lorenzo - 97 minutos
12/5 - Atlético-MG 0 x 2 Palmeiras - 97 minutos
18/5 - Palmeiras 4 x 0 Santos - 97 minutos
25/5 - Botafogo 0 x 1 Palmeiras - 75 minutos (Luan se machucou)