O Estádio Olímpico de Tóquio receberá as cerimônias de abertura e encerramento dos Jogos de 2020 (Crédito: Japan Sport Council)

Estádio Olímpico de Tóquio receberá a cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos (Crédito: Japan Sport Council)

LANCE!
22/07/2021
15:17
Tóquio (JAP)

Apesar de alguns eventos como futebol e softbol já terem começado, a cerimônia oficial de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio ocorre nesta sexta-feira. O evento será realizado a partir das 8h (horário de Brasília) no estádio Olímpico de Tóquio-JAP. Sem público, a festa contará com mais de 11 mil atletas de 206 países.

+ Richarlison brilha em estreia da Seleção nos Jogos Olímpicos

Onde assistir e local do evento
A transmissão com imagens da abertura dos Jogos poderá ser acompanha pela TV Globo e SporTV. No canal aberto, a emissora estará no ar desde 7h45 com narração de Galvão Bueno, enquanto canal por assinatura, a transmissão começa às 7h, com Luiz Carlos Jr. O LANCE! fará a cobertura em tempo real do evento.  

O palco da festa será o Estádio Olímpico de Tóquio, construído para receber os Jogos Olímpicos e inaugurado em 2019. Com capacidade para 68 mil pessoas, o estádio teve custo de mais de R$ 5 bilhões.

+ Medalhista na Rio-2016, Isaquias Queiroz vai em busca do Ouro em Tóquio

Como será a realização da festa
Assim como foi feito nas últimas Olimpíadas, a cerimônia de abertura contará com shows e apresentações, que não são divulgadas previamente, um desfile das delegações, acendimento da pira olímpica e liberação das pombas da paz. De acordo com o Comitê Organizador dos Jogos, o evento terá uma programação artística que mostrará a história e cultura do Japão.

+ Fadinha do Skate, Rayssa Leal brinca sobre calor nos treinamentos

Yoshihide Suga, primeiro-ministro do Japão será o responsável pela abertura simbólica dos Jogos. A cerimônia terá também o levantamento da bandeira olímpica, execução do hino olímpico e o juramento olímpico feito por um atleta, um oficial e um técnico. O Comitê definiu “paz, coexistência, reconstrução, futuro, Japão e Tóquio, atletas, envolvimento e entusiasmo” como temas centrais do torneio.

+ Brasil chega como grande favorito a medalhas no surfe em Tóquio

Polêmica na véspera
Na noite da última quarta-feira no Brasil, manhã no Japão, Kentaro Kobayashi, um dos diretores da cerimônia de abertura pediu demissão do cargo. O motivo foi o vazamento de um vídeo de 1998, onde Kobayashi faz uma piada com o Holocausto. Após pressão internacional, o diretor enviou uma carta à Seiko Hashimoto, presidente do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos, pedindo para deixar a realização do evento.

+ Natasha Rosa estreia em Jogos Olímpicos no levantamento de peso

Brasil na cerimônia de abertura
A delegação brasileira, que conta com 302 atletas nos Jogos, terá apenas quatro pessoas na cerimônia oficial de abertura dos Jogos. A medida foi tomada pelo Comitê Olímpico Brasileiro para evitar aglomerações e assegurar o distanciamento social durante o evento, que tem logística complicada. Bruninho, do vôlei, e Ketleyn Quadros, do judô serão os responsáveis por levar a bandeira do Brasil. As outras duas pessoas atendem protocolo do Comitê Olímpico Internacional.