Flamengo x Grêmio - Bruno Henrique e Gabigol

Gabigol e Bruno Henrique, artilheiro e vice do Brasileirão (Marcelo Cortes / Flamengo)

André Schmidt
09/12/2019
08:10
Rio de Janeiro (RJ)

Como já é tradição aqui no Números da Bola desde 2015, saiu a Seleção das Estatísticas do Campeonato Brasileiro. Como o próprio nome já diz, o time é montado baseado nos dados individuais de cada atleta na competição, usando números do site Footstats. A ideia não é montar necessariamente a equipe dos melhores do campeonato, mas ressaltar alguns destaques em fundamentos.

Para cada posição é adotado um critério diferente. No gol, o goleiro com mais defesas difíceis. Nas laterais, os jogadores da posição com o melhor aproveitamento no cruzamentos. Na zaga, o defensor com mais desarmes e o líder de interceptações entre os zagueiros.

Já no meio, quatro atletas com características distintas: o ladrão de bola, o passador, o primeiro em assistências para finalização e o que deu mais passes para gol. No ataque, o artilheiro do campeonato e o maior finalizador. Quem fecha a Seleção das Estatísticas é o 12º jogador, posição que pertence ao principal driblador do Brasileiro.

Assume o comando técnico do time o treinador com mais vitórias ao longo da competição. Em caso de empate, entra na Seleção o que tiver tido o maior aproveitamento no campeonato.

Para critério de desempate entre os jogadores, fica com a vaga o que tiver mais jogos disputados. Caso um atleta lidere mais de uma estatística, o segundo no ranking em um dos fundamentos assume uma das posições. Todos devem ter atuado em pelo menos 20 partidas. Veja como ficou:

SELEÇÃO DAS ESTATÍSTICAS DO BRASILEIRÃO 2019

1 - Tadeu - Goiás - 52 defesas difíceis
2 - Madson - Athletico-PR - 34,4% de acerto nos cruzamentos
3 - Cuesta - Internacional - 79 desarmes certos
4 - Lucas Verissimo - Santos - 22 interceptações
5 - Gregore - Bahia - 102 desarmes certos
6 - Bruno Pacheco - Chapecoense - 32% de acerto nos cruzamentos
7 - Sánchez - Santos - 81 assistências para finalização
8 - Allan - Fluminense - 1938 passes certos
9 - Gabigol - Flamengo - 25 gols
10 - Arrascaeta - Flamengo - 14 passes para gol
11 - Bruno Henrique - Flamengo - 48 finalizações certas
12º jogador - Michael - Goiás - 74 dribles certos
Técnico - Jorge Jesus - Flamengo - 22 vitórias* em 28 jogos

* Jorge Sampaoli, do Santos, também venceu 22, porém, em 38 rodadas.