Messi

Messi segue fazendo história do Barcelona (AFP)

André Schmidt
20/07/2020
07:25

"Somos o Barça e temos que ganhar tudo. Não podemos mirar no Madrid. O Madrid fez o trabalho deles, mas nós os ajudamos muito". A frase Lionel Messi, criticando a postura do Barcelona na temporada, mostra a insatisfação do craque com o jogo coletivo da equipe. Individualmente, no entanto, o camisa 10 brilhou mais uma vez.

Pelo sétimo ano na carreira - a quarta consecutiva -, Messi terminou o Campeonato Espanhol no topo da artilharia. Com os dois gols anotados nesse domingo, na goleada por 5 a 0 sobre o Alavés, que encerrou a competição, o argentino chegou a 25 bolas na rede, quatro a mais do que Benzema, goleador do Real Madrid, o campeão nacional.


Mas nem só de gols vive Lionel Messi. Além de artilheiro da disputa, o craque foi também o principal garçom do campeonato, o jogador que mais vezes finalizou, o maior driblador e o que mais criou oportunidades de gol.

No comparativo com outros jogadores, os números são ainda mais impressionantes. Em média, Messi driblou (5,5/j) o equivalente à soma de Fekir (3,1), do Bétis, segundo no ranking, e Orellana (2,4), do Eibar, o terceiro. Em chances criadas, a diferença é ainda mais significativa. Foram 36 oportunidades geradas por Lionel, bem mais que o somatório de Oyarzabal (14), da Real Sociedad, e Benzema (13), do Madrid, que completam o top 3. Confira os números:

MESSI NO CAMPEONATO ESPANHOL 19/20
- Dados do Sofascore

33 jogos
25 gols (1º)
5 gols de falta (1º)
21 assistências (1º)
36 grandes chances criadas (1º)
3,5 finalizações por jogo (1º)
2,7 passes decisivos por jogo (1º)
5,5 dribles certos por jogo (1º)