Palestino x Inter

Sobis comemora seu gol com Patrick (MARTIN BERNETTI / AFP)

André Schmidt
06/03/2019
22:03

Fazer gols importantes em jogos de Libertadores parece mesmo ser uma predestinação de Rafael Sobis. De volta ao Internacional para sua terceira passagem pelo clube, o atacante foi o autor do tento único que garantiu a vitória gaúcha sobre o Palestino, do Chile, na estreia da equipe na competição sul-americana. Foi o primeiro do jogador após o seu retorno.

Sobis surgiu ainda jovem no Colorado, fazendo sua estreia com apenas 18 anos de idade, em 2004. No ano seguinte, balançou as redes 25 vezes e se consolidou como um dos principais atacantes do Brasil na época. Foi na Libertadores 2006, no entanto, que o jogador começou a escrever seu nome na história do clube, marcando os dois gols na vitória gaúcha sobre o São Paulo por 2 a 1, no Morumbi, no primeiro jogo da decisão que culminou no título inédito do Inter. Ele já havia anotado também contra a LDU, do Equador, nas quartas de final.

Negociado com o Bétis em 2007, Sobis voltou a vestir a camisa do Inter em 2010, após defender também o Al Jazira, dos Emirados Árabes. E novamente foi decisivo, marcando um dos gols na vitória de virada sobre o Chivas, do México, por 3 a 2, na partida decisiva da Libertadores, ajudando a garantir o bicampeonato da competição.

No ano seguinte, em 2011, o atacante seguiria no clube, mas o tricampeonato não viria. Ainda assim, marcou mais um gol, na vitória por 2 a 0 sobre o Emelec, do Equador. O time acabou caindo nas oitavas para o Peñarol, do Uruguai.

De volta após oito anos, Sobis marcou o seu sexto gol pelo Internacional na Libertadores, se tornando o segundo maior artilheiro do clube na história do campeonato. Rafael igualou as marcas de Fernandão, D'Alessandro e Giuliano. Leandro Damião, com 11, segue na ponta do ranking.

Garanta um desconto em eletrônicos, roupa ou viagens com cupons Lance:

- cupons de desconto Vivara
- promoções Jequiti
- cupons de desconto Adobe