Fábio pede que o time tenha inteligência e concentração no duelo de volta contra o River

Fábio é um dos maiores ídolos do Cruzeiro (Vinnciius Silva/Cruzeiro)

André Schmidt
30/08/2019
17:21

A escalação do Cruzeiro para a partida contra o Vasco ainda é um mistério. Com o jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil marcado para o dia 4, contra o Internacional, Rogério Ceni deve poupar alguns titulares para o duelo deste domingo, pelo Brasileirão. No entanto, um dos que devem iniciar, como de costume, é Fábio. E se isso realmente ocorrer, será histórico.

Com 574 partidas na história do Campeonato Brasileiro, o camisa 1 cruzeirense igualará o recorde de atuações que pertence exatamente a Ceni, seu novo treinador. Como jogador, Rogério participou de 575 jogos da competição, conquistando três títulos - mesmo número de Fábio - todos pelo São Paulo.

Curiosamente, Fábio fez suas primeiras defesas no campeonato vestindo exatamente a camisa do Vasco, adversário deste fim de semana. Pelo Cruz-Maltino, entre 2000 e 2004, disputou 87 das 574 partidas que realizou até agora no Brasileiro. Todas as outras 487 foram defendendo o Cruzeiro.

FÁBIO NA HISTÓRIA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

474 jogos
3 títulos
248 vitórias
135 empates
191 derrotas