Grêmio x Botafogo - Diego Souza

Diego Souza marcou um gol, mas acabou expulso (Foto: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA)

André Schmidt
15/10/2020
08:40

Diego Souza conseguiu uma trinca inusitada - ou talvez nem tanto - nessa quarta-feira. Contra o Botafogo, na vitória do Grêmio por 3 a 1, o atacante marcou um gol, deu uma assistência e foi expulso. Foi o primeiro cartão vermelho do camisa 29 nesse Brasileirão, porém, o 10º direto desde que estreou na competição, em 2003. Um recorde.

Diego se tornou o jogador com mais cartões vermelhos diretos na história do campeonato desde 1971, empatando com o ex-zagueiro Antônio Carlos, atualmente treinador do Kashima Antlers, do Japão. O atacante ainda tem outras duas expulsões em seu currículo na competição, ambas recebendo dois amarelos em sequência.

Em números gerais, ou seja, somando vermelhos diretos e por acúmulo de amarelos, apenas um jogador foi expulso mais vezes que Diego Souza: Kleber Gladiador. Atualmente no futebol norte-americano, onde defende o Austin Bold, o atacante, que também passou pelo Grêmio, totaliza 13 idas mais cedo para o chuveiro - nove diretas e quatro após dois amarelos.

JOGADORES COM MAIS CARTÕES VERMELHOS DIRETOS NO BRASILEIRO
- Dados do site OGol

1º - Diego Souza - 2003/2020 - 10 vermelhos diretos
Antônio Carlos - 1990/2007 - 10 vermelhos diretos
3º - Luisinho Quintanilha - 1983/2000 - 9 vermelhos diretos
Kleber Gladiador - 2003/2017 - 9 vermelhos diretos
Marcelinho Carioca - 1988/2009 - 9 vermelhos diretos
6º - Edmundo - 1992/2008 - 8 vermelhos diretos
Rogério Pinheiro - 1993/2002 - 8 vermelhos diretos
Dário - 1993/2000 - 8 vermelhos diretos
Hugo - 2002/2014 - 8 vermelhos diretos
Preto Casagrande - 1994/2006 - 8 vermelhos diretos
Cléber - 1990/2006 - 8 vermelhos diretos
Jancarlos - 2001/2011 - 8 vermelhos diretos
Sandro Barbosa - 1992/2004 - 8 vermelhos diretos