Mauro Boselli é anunciado pelo Corinthians

Mauro Boselli é o novo homem-gol do Timão para 2019 (Foto: Daniel Augusto Jr)

LANCE!
07/01/2019
10:02
Rio de Janeiro (RJ)

Mais de 200 gols na carreira e uma média superior a 20 por temporada nos últimos seis anos. Poucos jogadores em atividade no Brasil podem se gabar de um currículo tão impressionante quanto o de Mauro Boselli, reforço do Corinthians para 2019. E não é exagero nenhum afirmar isso. Entre todos os jogadores confirmados nos principais clubes do país para este ano, o atacante é o 5º que mais vezes balançou as redes como profissional. Um raro goleador com mais de 200 bolas na rede.

Revelado pelo Boca Juniors, o centroavante já marcou 215 vezes em 480 jogos disputados desde a sua estreia pelos xeneizes, em 2004. A maior parte deles pelo León, do México, time que vinha defendendo desde 2013 e onde anotou 130 gols em 221 partidas, se tornando o segundo maior artilheiro da história do clube. Pelo Estudiantes, da Argentina, onde atuou em duas oportunidades, sua segunda melhor marca: 61 em 124 confrontos.

Na elite do futebol brasileiro, atualmente, apenas quatro jogadores marcaram mais vezes que o argentino: seu compatriota Barcos, do Cruzeiro, o ídolo corintiano Paolo Guerrero, hoje no Internacional, e os experientes Fred, também da Raposa, e Ricardo Oliveira, do Atlético Mineiro, ambos com passagens pela Seleção. Na média, no entanto, entre os quatro, Boselli fica atrás apenas dos brasileiros. No comparativo com o peruano, maior goleador estrangeiro da história do Corinthians com 54 tentos, Mauro tem um aproveitamento superior: 0,44 x 0,39. Números que credenciam o camisa 17 para chegar com status de titular absoluto da posição, principalmente após o baixo desempenho de Roger, contratado em 2018 para ser o substituto de Jô.

E um dos trunfos de Boselli para repetir o sucesso alcançado no México foi um dos pontos fracos do Corinthians em 2018: o jogo aéreo. Com 1,85 m, a bola alta é a principal arma do centroavante. Dos nove gols marcados entre julho - quando iniciou a temporada mexicana - e novembro, cinco nasceram de bolas alçadas na área, marcando quatro vezes de cabeça e uma de peito. Os outros quatro saíram em finalizações de dentro da área, sendo dois através de cobranças de pênaltis. Ou seja, mais da metade de seus gols mais recentes nasceram pelo alto.

No Brasileirão, apenas dois jogadores marcaram mais gols de cabeça que Boselli: Pablo, recém-contratado pelo São Paulo, e Leandro Pereira, da Chapecoense. Ambos marcaram cinco vezes desta maneira na competição. Porém, o aproveitamento do hermano é maior. Mauro disputou apenas 22 partidas na temporada, enquanto que Pablo e Leandro estiveram em campo pelo campeonato em mais oportunidades: 33 e 34 jogos, respectivamente.

Coletivamente, o fundamento foi um problema para o Alvinegro em 2018. O time foi apenas o 15º que mais vezes marcou de cabeça, com 7 tentos. Marca superior apenas as de Vasco (4), Ceará (4) e Paraná (2). Individualmente, no Corinthians, destaque apenas para o zagueiro Henrique, autor de dois dos gols. Roger e Romero, com um cada, foram os únicos atacantes a usar a testa para estufar as redes. Um panorama que deve mudar com a chegada de Boselli, um especialista no fundamento.

MAIORES ARTILHEIROS EM ATIVIDADE NO BRASIL
- Jogadores de times da Série A

1º - Fred - 367 gols em 669 jogos - média de 0,54
2º - Ricardo Oliveira - 317 gols em 630 jogos - média de 0,50
3º - Guerrero - 245 gols em 625 jogos- média de 0,39
4º - Barcos - 225 gols em 513 jogos - média de 0,43
5º - Boselli - 215 gols em 480 jogos - média de 0,44