Miguel Borja - Junior Barranquilla

Borja é um dos artilheiros da atual edição da Libertadores (AFP)

Números da Bola
14/05/2021
08:25

A relação de Miguel Borja com a Copa Libertadores da América parece ser realmente diferenciada. O atacante explodiu no continente nas semifinais da competição em 2016, quando marcou os quatro gols do Atlético Nacional nos dois jogos contra o São Paulo. Na decisão, contra o Independiente del Valle, anotou o tento que deu o título ao clube colombiano. Foram as cinco primeiras vezes que o centroavante balançou as redes na disputa. E não parou mais.

Nesta quarta-feira, no empate em 1 a 1 entre seu time, o Junior Barranquilla, e o River Plate, Borja anotou o seu 23º tento na Libertadores, se tornando o 19º maior artilheiro da história da competição. O colombiano empatou com o argentino Martín Palermo, o uruguaio Aguilera, o chileno Parede e o seu compatriota Aristizábal, que no Brasil defendeu as camisas de São Paulo, Santos, Vitória, Cruzeiro e Coritiba.

Quase metade dos gols feitos por Borja na competição foram pelo Palmeiras. O atacante, que tem contrato com o alviverde até o fim de 2022 e está emprestado ao Junior até o meio deste ano, marcou 11 vezes em 24 partidas, sendo o segundo maior goleador do clube na história da disputa. O ex-meia Alex, campeão em 1999, lidera com 12 bolas na rede.

MAIORES ARTILHEIROS DA HISTÓRIA DA LIBERTADORES

1º - Alberto Spencer - equatoriano - 54 gols
2º - Fernando Morena - uruguaio - 37 gols
3º - Pedro Rocha - uruguaio - 36 gols
4º - Daniel Ónega - argentino - 31 gols
5º - Julio Morales - uruguaio - 30 gols
6º - Luizão - brasileiro - 29 gols
Anthony de Ávila - colombiano - 29 gols
Juan Sarnari - argentino - 29 gols
9° - Artime - argentino - 28 gols
10º - Pratto - argentino - 27 gols
Beto Acosta - argentino - 27 gols
Oswaldo Ramirez - peruano - 27 gols
13º - Tevez - argentino - 26
14º - Riquelme - argentino - 25
Palhinha - brasileiro - 25
Juan Sánchez - boliviano - 25
17º - Salinas - boliviano - 24
Hernan López - uruguaio - 24
19º - Borja - colombiano - 23
Aristizábal - colombiano - 23
Palermo - argentino - 23
Paredes - chileno - 23
Aguilera - uruguaio - 23