Jorge Henrique - Náutico

Divulgação/Náutico

LANCE!
18/03/2019
22:33
Futebol Latino

Contratado a peso de ouro para ser o principal jogador do Náutico na temporada, o atacante Jorge Henrique não conseguiu desempenhar dentro de campo o que se esperava e convive com as críticas da torcida.

Ciente que pode render muito mais com a camisa do Timbu, o jogador revelou uma brincadeira com Wallace Pernambucano e deixou o técnico Marcio Goiano a vontade para deixá-lo no banco de reservas.

‘A oportunidade vem com trabalho. Nesse jogo (contra o Santa Cruz), até brinquei com Wallace Pernambucano que a gente tinha que ficar no banco mesmo, até pelo que os meninos (Thiago, Odilávio e Robinho) vinham fazendo. Se o professor optar por isso quarta-feira, também não tem problema. Estarei pronto para ajudar quando foi acionado’, declarou.

‘Comecei bem a competição, o ano. Acabei tendo que parar por conta de uma lesão no joelho, e agora estou voltando. Não bem fisicamente, mas pronto para ajudar meus companheiros. Com certeza, a cobrança (da torcida) está certa. Até porque saí bem do Náutico. Rodei Corinthians, Botafogo, Internacional, em alto nível. Tenho que render mais. Não estou jogando o futebol que eu quero’, completou.

Vice-líder da fase de classificação, o Náutico abre a sua participação no mata-mata do Pernambucano na quarta-feira, diante do