Antonio Felix da Costa (Techeetah) ePrix de Santiago 2020, Chile

FIA FE

LANCE!
14/02/2020
15:53

O traçado que será usado pelo campeonato de carros elétricos para a quarta rodada da temporada 2019/20, o E-Prix da Cidade do México, é muito diferente do que os pilotos estavam acostumados nos anos anteriores nesse mesmo cenário.

Como a Fórmula E deste ano tem um grid de 24 lugares nesta temporada, o regulamento indica que cada circuito precisa de uma extensão de pelo menos 2.400 metros, o que levou a mudanças na pista mexicana.

“Eu acho que é um circuito que, com essas mudanças, teremos que economizar muito mais energia. Terá que ser muito mais uma corrida gerencial e é por isso que focamos muito nisso em todo o trabalho do simulador em casa com a equipe e com os engenheiros”, disse Antonio Felix da Costa, que foi segundo colocado na etapa disputada no mês passado em Santiago, Chile.

“Temos alguns pontos de ultrapassagem, mais do que no ano passado. Temos na curva 1, é claro. Agora também temos na curva 5 e na 9, que acho que será a melhor para ultrapassar”, acrescentou o piloto da DS Techeetah.

“O Foro Sol [parte do estádio] é sempre incrível, com muitos fãs por lá. Acredito que seja uma das melhores áreas de toda a temporada. E a última curva [Peraltada] será realmente muito complicada, porque é muito rápida, contínua e será muito fechada”, concluiu o piloto português.

O ePrix da Cidade do México, quarta rodada da temporada, será disputado neste sábado, 15 de fevereiro. A F1Mania estará AO VIVO e em TEMPO REAL com todas as informações.

Treino Livre: 13h (link na página da F1Mania)
Treino Classificatório: 14h45
Largada: 19h (Tempo Real – F1Mania)