São Silvestre

A corrida de São Silvestre acontecerá no dia 31 de dezembro (Foto: Divulgação)

LANCE!
30/12/2018
09:30
São Paulo (SP)

Bem preparados e confiantes. Assim estão os destaques nacionais e internacionais da 94ª Corrida de São Silvestre, programada para está segunda, 31 de dezembro, a partir das 8h20, com largada na Avenida Paulista, altura do número 2000. Os favoritos participaram das coletivas no Novotel Jaraguá e ressaltaram estar prontos para fazer um bom papel na principal prova de rua da América Latina.

Entre os brasileiros, Wellington Bezerra, do Cruzeiro, campeão das Dez Milhas Garoto e vice na Maratona de São Paulo, aposta numa boa estratégia.

- Quero dar o melhor possível de mim e procurar brigar pelas primeiras colocações. Sei das dificuldades, mas vou fazer uma boa estratégia para poder lutar pelas primeira colocações - declarou.

Seu companheiro de equipe, Gilmar Lopes, terceiro colocado na Volta da Pampulha, destacou que a equipe tem uma motivação extra.

- Este ano é o objetivo fazer ainda mais bonito, pois a equipe do Cruzeiro vai acabar e queremos fechar com chave de ouro. Fiz uma preparação de dois meses de força para poder atingir esse objetivo no dia 31 - afirmou.

Éderson Pereira, do Pinheiros, melhor brasileiro em 2017, disse estar em ótimas condições e espera um dia iluminado na segunda-feira. 

- A expectativa é a melhor possível. Fizemos uma preparação boa nas últimas semanas e agora é descansar. Na segunda é buscar estar perto do favoritos e torcer para estar num dia iluminado e poder brigar pelo primeiro lugar - disse.

Entre as mulheres, Joziane Cardoso, melhor brasileira no ano passado (10ª), e Andréia Hessel, campeã da Maratona de São Paulo 2018, também estão confiantes. Andréia, por sua vez, tem se dedicado às maratonas, mas não descarta ter um bom desempenho na São Silvestre.

Estrangeiros

O etíope Dawitt Admasu, bicampeão da prova, foi outro que ressaltou a boa preparação para este ano.

- Treinei por seis meses, sinto-me bem e espero um bom resultado. Estou pronto para isso. Aliás, o mais importante é estar aqui, um país que gosto muito e que tem me dado bastante apoio - declarou o etíope.

A queniana Ester Kakuri, campeã da Meia Maratona do Rio de Janeiro 2018, também está confiante para corrida no último dia do ano. 

- Para mim, estou preparada para um bom dia. Minha expectativa é que isso confirme na corrida e possa estar entre as primeiras - encerrou.

ESQUEMA ESPECIAL

A 94ª Corrida de São Silvestre terá um esquema especial de acesso à largada e chegada, visando assegurar maior facilidade aos atletas oficialmente inscritos e informar ao público que pretende acompanhar a Corrida. No período das 5h às 10h serão permitidos apenas atletas com número de peito, com os seguintes acessos: Alameda Santos, Rua São Carlos do Pinhal, Rua Frei Caneca, Alameda Ministro Rocha Azevedo, Rua Peixoto Gomide, Rua Plínio Figueiredo e Alameda Casa Branca.

A dispersão será a partir da Rua Joaquim Eugênio de Lima até a Alameda Itapeva. Todas as áreas serão restritas a corredores oficialmente inscritos e usuários locais. Não será permitida a presença de acompanhantes ou carrinhos e outros itens que não fazem parte do evento.

A programação no dia da corrida começará cedo. A categoria Cadeirante começará às 8h20, ficando o pelotão de elite feminino às 8h40. Logo em seguida, às 9h, será a vez da largada do pelotão de elite masculino e atletas da categoria geral.

Resultados de 2017 - Elite

Masculino
1) Dawitt Admasu (Etiópia), 44min15seg
2) Belay Bezabh (Etiópia), 44min43seg
3) Edwin Kipsang (Quênia), 44min43seg
4) Birhanu Balew (Bahrain), 45min06seg
5) Paulo Lonyangata (Quênia), 45min28seg
12) Ederson Vilela Pereira (Brasil), 46min58seg

Feminino
1) Flomena Daniel (Quênia), 50min18seg
2) Sintayehu Hailemicheal (Etiópia), 50min55seg
3) Birhane Dibaba (Etiópia), 50min57seg
4) Ymer Wude (Etiópia), 51min35seg
5) Paskalia Chepkorir (Quênia), 51min55seg
10) Joziane Cardoso (Brasil), 54min07seg