Logo Lance! Betting

Conquista em Omã leva Hugo Calderano de volta ao quarto lugar no ranking mundial

Semana em que buscará somar pontos no WTT Contender Antalya, na Turquia, brasileiro ultrapassou o japonês Tomokazu Harimoto

53259382100_d98660b68b_o-aspect-ratio-512-320
Hugo Calderano venceu o WTT de Omã (Divulgação / WTT)

Escrito por

Hugo Calderano está novamente entre os quatro melhores do ranking mundial de tênis de mesa. Após conquistar o título no WTT Contender Muscat, em Omã, no último sábado (14), o brasileiro ultrapassou o japonês Tomokazu Harimoto na mais recente atualização da ITTF, divulgada nesta terça-feira (17).

O título no Sultan Qaboos Sport Complex Muscat rendeu ao mesatenista 400 pontos no ranking. O somatório leva em conta os oito melhores resultados obtidos nos últimos 12 meses. Hugo, que tinha 2.575 pontos até a mais recente competição concluída, aparece agora com 2.885, já que, além dos novos que ganhou, descartou 90 referentes ao WTT Champions de Xinxiang 2023, na China. 

Eliminado nas quartas de final em Omã, Harimoto levou 70 pontos, que não foram contabilizados no somatório do ranking. Isso porque suas oito melhores marcas no período considerado foram superiores à pontuação obtida em Muscat. O asiático permanece com 2.830 pontos, com 55 a menos do que o brasileiro.

+ Lacrosse, Flag Football e Squash; conheça as modalidades que farão parte dos Jogos Olímpicos de Los Angeles 2028

Na Turquia para a disputa do WTT Contender Antalya, Hugo tem mais um desafio importante pela frente para seguir pontuando. O carioca de 27 anos estreia na chave principal nesta quinta-feira (19), contra o francês Simon Gauzy (27º). Será sua última competição antes dos Jogos Pan-Americanos de Santiago 2023.

A manutenção entre os quatro primeiros do ranking é um objetivo de Hugo na caminhada rumo aos Jogos de Paris 2024, quando ele buscará uma medalha inédita para o tênis de mesa brasileiro.

+ A sua carreira no futebol pode começar hoje. Garanta a sua vaga no curso Gestor de Futebol e capacite-se!

Melhor não chinês na lista, atrás apenas de Wang Chuqin (1º), Fan Zhendong (2º) e Ma Long (3º), o carioca só enfrentaria um dos três em uma eventual semifinal, caso chegue ao dia 18 de junho de 2024, data de fechamento do ranking olímpico, na quarta colocação. O regulamento do tênis de mesa nos Jogos Olímpicos estabelece que somente dois atletas por país participam das disputas individuais.

Em 2023, Hugo vem mantendo a regularidade que o permite figurar entre os primeiros. Além do título em Omã, ele foi ao topo do pódio no WTT Contender Durban, na África do Sul, e no WTT Contender Doha, no Catar. Também conquistou dois terceiros lugares: no WTT Grand Smash Singapura, em março, e no WTT Star Contender Ljubljana, na Eslovênia, em julho.

53257132985_9a01775b77_o
Hugo Calderano venceu a WTT de Muscat, em Omã (Divulgação / WTT)


Até hoje, ele soma cinco títulos no circuito mundial WTT e lidera a lista dos maiores vencedores, ao lado de Wang Chuqin e Fan Zhendong. As demais conquistas do brasileiro vieram no WTT Contender Tunis, na Tunísia, em 2022, e no WTT Star Contender Doha, no Catar, em 2021.

News do Lance!

Receba boletins diários no seu e-mail para ficar por dentro do que rola no mundo dos esportes e no seu time do coração!

backgroundNewsletter