Daniel Cargnin

Daniel Carginin ficou em sétimo lugar (Foto: Reprodução)

LANCE!
21/02/2020
16:04
Düsseldorf (ALE)

A Seleção Brasileira de judô passou em branco no primeiro dia do Grand Slam de Düsseldorf, nesta sexta-feita. O melhor resultado foi o sétimo lugar do meio-leve Daniel Cargnin (66kg). Outros sete judocas lutaram nesta madrugada, mas ficaram nas primeiras rodadas. A competição continua neste sábado, e o país terá mais sete competidores na busca por medalhas.

Nas preliminares, Daniel venceu três lutas seguidas por ippon para chegar às quartas-de-final. Passou por Devin Waldenburg, da Jamaica, na primeira; por Alan El Idrissi, dos Estados Unidos, na segunda rodada; e por David Garcia Torne, da Espanha, nas oitavas.

Nas quartas, Daniel encarou um dos melhores do mundo na sua categoria, o japonês Hifume Abe, duas vezes campeão mundial, que conseguiu um waza-ari de vantagem sobre o brasileiro e avançou à semifinal.

Na repescagem, Cargnin enfrentou o judoca da Geórgia, Bagrati Niniashvili, que também pontuou com um waza-ari e seguiu para a disputa pelo bronze, deixando o sétimo lugar para o brasileiro.

Cargnin é o atual número 5 do ranking mundial e, com esse resultado, somou 260 pontos. Em seu currículo, ele conta com uma medalha de ouro em etapas de Grand Slam. Foi em casa, em Brasília, no ano passado, que Cargnin conquistou sua primeira medalha em Grand Slam.