Caleb Ewan

Caleb se esforçou e deixou seus principais adversários para trás (Foto: AFP)

LANCE!
23/07/2019
16:02
Nimes (FRA)

Após um dia de folga, a Volta da França retornou com tudo nesta terça-feira, em etapa de 177km com largada e chegada em Nimes. A prova era plana e, depois de liderarem até restarem 2km para o fim, os ciclistas da fuga viram os sprinters chegarem com força para travarem disputa insana. O australiano Caleb Ewan, da Lotto Soudal, arrancou da sexta posição para vencer Elia Viviani (italiano da Quickstep) por uma roda.

Viviani lamentou demais a posição. Afinal, teve um trabalho de equipe perfeito feito pelo companheiro de equipe, o argentino Maximiliano Richezze, que o puxou até os 200m finais. Mas nem assim conseguiu o triunfo. Dylan Groenewegen (holandês da Jumbo), ficou em terceiro, com Peter Sagan (eslovaco da Bora) logo a seguir. O quarteto, além dos 48 primeiros colocados, fecharam com o mesmo tempo: 3h57m08s.

A vitória colocou Caleb em quinto lugar na briga pela camisa verde (campeão por pontos, a disputa dos velocistas), com 198 pontos. A liderança é de Peter Sagan, com 309 pontos, seguido por Elia Viviani, 224.

Na briga pela camisa amarela, nenhuma alteração. Todos os Top10 chegaram no tempo do vencedor. Assim, Julian Alaphilippe (francês da quickstep) segue na frente, agora com 64h57m30s. Ele mantém 1m35s para Geraint Thomas, britânico da Ineos (ex-Sky) e que tenta o segundo título seguido no Tour.

Fuglsang se acidenta

A etapa foi marcada pela queda de Jakob Fuglsang. Restando 25km para o fim, o capitão da equipe Astana envolveu-se num acidente e lesionou o ombro, abandonando a competição. O dinamarquês, nesta temporada, foi o vencedor da Monumento Liege-Bastogne-Liege e da Criterium du Dauphiné, duas provas muito relevantes. Por isso, entrou na Volta da França como um dos favoritos, mas não estava bem colocado.

A 17 etapa da Volta da França será disputada nesta quarta-feira, entre Pont du Gap de 200km, de montanha leve, com uma subida de categoria 3 no fim, o que deixa a prova em aberto para escaladores, como para sprinters e fuga.