Ana Marcela Cunha (Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br)

Ana Marcela Cunha deixou a medalha escapar por seis décimos (Foto: Satiro Sodré/rededoesporte.gov.br)

LANCE!
14/07/2019
16:51
Gwangju (CDS)

A brasileira Ana Marcela Cunha ficou fora do pódio na prova dos 10km da maratona aquática no Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos, em Gwangju, na Coreia do Sul, na noite de sábado, mas assegurou a classificação para os Jogos Olímpicos de Tóquio, no ano que vem.

Ela, que era uma das favoritas até mesmo ao ouro, completou o percurso em 1h54m50s5 e ficou a apenas seis décimos do pódio. A chinesa Xu Xin foi a mais rápida, com 1h54m47s2, nove décimos na frente da americana Haley Anderson, que conquistou a prata. O bronze ficou com a italiana Rachele Bruni, com 1h54m49s0. As dez primeiras carimbaram passaporte para o Japão.

– Estou feliz por estar na Olimpíada. É gostoso ter um ano para se preparar para estar lá, pois meu sonho é uma medalha olímpica. Mas estou meio triste por não conseguir uma medalha, porque venho de três mundiais sempre disputando. Mas é isso. Temos agora que colocar a cabeça no lugar. Temos o 5km, o revezamento e os 25km e quero me preparar bem para as outras provas e fazer um bom mundial, como a gente tem feito – afirmou Ana Marcela, que ainda brigará por medalha no Mundial nos 5km, no revezamento e nos 25km.

Outra brasileira na prova, Viviane Jungblut terminou na 12ª colocação, a oito décimos de segundo da vaga olímpica, e não tem mais chances de ir a Tóquio.

No Japão, Ana Marcela disputará sua terceira Olimpíada. Ela competiu em Pequim-2008, quando ficou em quinto lugar, e na Rio-2016, quando foi 11ª.