(Foto: Reprodução)

Zumbi Coreano deu show e nocauteou Frankie Edgar na luta principal do UFC Busan (Foto: Reprodução)

TATAME
21/12/2019
11:45
Busan (COR)

Realizado na madrugada de sexta-feira para este sábado (21) – horário de Brasília -, o UFC Busan, na Coreia do Sul, fechou o ano de 2019 da organização em grande estilo. Além do triunfo por nocaute de Chan Sung Jung, o “Zumbi Coreano”, sobre Frankie Edgar na luta principal, pela divisão dos penas, os três brasileiros em ação saíram vitoriosos: Pantoja, Raoni Barcelos e Amanda Lemos.

No co-main event, Volkan Oezdemir derrotou Aleksandar Rakic por decisão dividida pelo meio-pesado e somou seu segundo resultado positivo seguido. Rakic, por sua vez, conheceu seu segundo revés no MMA.

Zumbi Coreano faz a festa da torcida

Lutando em casa e com o apoio da torcida, o Zumbi Coreano começou a luta principal do UFC Buscan indo pra cima de Frankie Edgar. Após achar a distância, não demorou muito para que Chan Sung Jung mostrasse seu “cartão de visitas” com uma boa combinação e um knockdown. Com Edgar no chão, o sul-coreano primeiro tentou um ataque nas costas, mas sem sucesso, apostou no ground and pound.

Experiente, o ex-campeão peso-leve do Ultimate se defendia como dava para tentar seguir no duelo. Faltando dois minutos para o fim do round, Edgar levantou, porém, com mais uma sequência de golpes do adversário, voltou a desabar e viu o árbitro encerrar o confronto. O triunfo por nocaute foi o segundo seguido do Zumbi Coreano – ambos no primeiro assalto. Em junho passado, ele bateu o brasileiro Renato Moicano. Já Frankie Edgar acumulou mais um revés depois de perder para Max Holloway, em julho.

Brasileiros dão show na Coreia do Sul

Em um dia “especial” para o Brasil, todos os representantes da bandeira verde e amarela venceram na Coreia do Sul. Voltando de suspensão após dois anos, Amanda Lemos foi a primeira a entrar em ação e, sem dar chances, finalizou Miranda Granger com um mata-leão, somando seu primeiro triunfo no UFC. Na sequência, Raoni Barcelos derrotou o russo Said Nurmagomedov por decisão unânime dos jurados em duelo bastante equilibrado. Foi a quarta vitória consecutiva do peso-galo, que ainda não perdeu no UFC.

Por fim, Alexandre Pantoja se recuperou do revés para Deiveson Figueiredo, em julho. Contra Matt Schnell, o peso-mosca foi para a trocação franca e levou a melhor após uma “bomba” de direita, nocauteando Matt.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Fight Night 165
Busan, na Coreia do Sul
Sábado, 21 de dezembro de 2019

Card principal
Chan Sung Jung derrotou Frankie Edgar por nocaute técnico no 1R
Volkan Oezdemir derrotou Aleksandar Rakic por decisão dividida dos jurados
Charles Jourdain derrotou Doo Ho Choi por nocaute técnico no 2R
Da Un Jung derrotou Mike Rodriguez por nocaute no 1R
Jun Yong Park derrotou Marc-André Barriault por decisão unânime dos jurados
Kyung Ho Kang derrotou Pingyuan Liu por decisão dividida dos jurados

Card preliminar
Ciryl Gane derrotou Tanner Boser por decisão unânime dos jurados
Seung Woo Choi derrotou Suman Mokhtarian por decisão unânime dos jurados
Omar Morales derrotou Dong Hyun Ma por decisão unânime dos jurados
Alexandre Pantoja derrotou Matt Schnell por nocaute no 1R
Raoni Barcelos derrotou Said Nurmagomedov por decisão unânime dos jurados
Amanda Lemos finalizou Miranda Granger com um mata-leão no 1R
Alateng Heili derrotou Ryan Benoit por decisão dividida dos jurados