WGP

Paulinho Tebar venceu Jordan Kranio por decisão majoritária em revanche (Foto: David Leite/WGP)

TATAME
09/04/2019
18:14
São Bernardo do Campo (SP)

Conforme o esperado, a noite do último sábado (6) entrou para a história do WGP Kickboxing. A edição 53 do evento, a primeira de 2019, agitou a cidade de São Bernardo do Campo (SP) com um card espetacular, nocautes avassaladores, novos e velhos campeões coroados e muito mais. Na luta principal, Bruno Gazani bateu Petros Cabelinho em uma batalha muito equilibrada e manteve o cinturão dos meio-médios. No co-main event, um campeão se manteve no topo. Paulo Tebar encarou novamente Jordan Kranio após empate na primeira luta e levou a melhor por decisão majoritária. Pelos super-médios, um novo campeão foi coroado. Jonas Salsicha foi superior e bateu Diego Gaúcho por decisão unânime. Outros destaques da noite foram Robson Minotinho e Leo Corrales.

A luta principal do primeiro evento de 2019 fez jus às expectativas. Em um duelo de estilos, o experiente campeão Bruno Gazani encarou a jovem promessa curitibana Petros Cabelinho, dono de uma envergadura incomum para os meio-médios. E em cima do estilo do adversário, Gazani tentava encurtar a distância, enquanto Petros apostava nos chutes e na movimentação. Apesar do campeão ter começado melhor o desafiante equilibrou o duelo, que foi decidido nos rounds finais. E pela maior contundência e agressividade de Gazani, melhor para o campeão, que manteve o título por decisão unânime.

Paulo Tebar mantém título e Salsicha destrona Gaúcho

O co-main event do WGP 53 marcou o segundo capítulo de uma história que começou em 2017. Depois de um empate no primeiro encontro entre Paulo Tebar e Jordan Kranio, que culminou com Tebar mantendo o cinturão, eles voltaram a se enfrentar na noite deste sábado. E o que se viu foi uma postura mais agressiva do campeão, enquanto o desafiante apostava nos contragolpes. Mas o combate se manteve equilibrado até o soar do gongo. Por ter um knockdown no meio da batalha, Paulinho Tebar levou a melhor por pouco e manteve o cinturão dos super-leves com uma vitória por decisão majoritária.

O primeiro duelo valendo cinturão da noite colocou frente a frente Diego Gaúcho e Jonas Salsicha. E não faltavam expectativas já que a luta era para ter acontecido em 2018. Dentro do ringue o que se viu foi um duelo muito estudado no início. Com o passar dos rounds, Salsicha começou a se soltar e levar a melhor conectando bons golpes. Perto do final, Gaúcho tentou manter a fama de tirar o nocaute da cartola, mas isso não aconteceu. Jonas Salsicha levou a melhor por unanimidade e é o novo campeão dos super-médios.

Minotinho nocauteia e Corrales garante posto de desafiante

Quem fez a festa da galera no ginásio Poliesportivo de São Bernardo foi Robson Minotinho. Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios, ele mostrou que merece uma nova chance ao nocautear o argentino Sebastian Martino depois de uma linda sequência. No embate que abriu o card principal muita coisa estava em jogo. Quem vencesse o duelo entre o boliviano Renzo Martinez e o argentino Leo Corrales garantia a chance de disputar o cinturão dos leves diante de Diego Piovesan, e quem levou foi Corrales por unanimidade.

RESULTADOS COMPLETOS:

WGP 53
Ginásio Adib Moyses Dib, em São Bernardo do Campo (SP)
Sábado, 6 de abril de 2019

Card principal

Bruno Gazani venceu Petros Freitas ‘Cabelinho’ por decisão unânime dos jurados
Paulinho Tebar venceu Jordan Kranio por decisão majoritária dos jurados
Jonas Júlio ‘Salsicha’ venceu Diego Gaúcho por decisão unânime dos jurados
Robson Minotinho venceu Sebastián ‘Tata’ Martino por nocaute no 2R
Leo Corrales venceu Renzo Martinez por decisão unânime dos jurados
Vitor Aquino venceu Roberto Gonzalez por nocaute no 3R
Leo ‘Bahia’ Pereira venceu Luan Santos por decisão unânime dos jurados
Nichollas Pestilli venceu Paulo Santiago por decisão unânime dos jurados
Wellington Lopes venceu Robson ‘Bull Terrier’ Silva por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
Alessandro Benacci venceu Fabio Silva por nocaute no 4R
Raphael Silva venceu Daniel Felipe por nocaute no 1R
Fernando Ferreira venceu Hiago Souza por nocaute no 1R
A luta entre Vinicius Barros e Romario Barbares acabou em ‘No Contest’
Isa Livramento venceu Bia Molina por decisão dividida dos jurados
Gabriel Cavalari venceu Jorge Caballero por decisão unânime dos jurados
Jorge Garcia venceu Vinicius Gaspar por nocaute no 1R
Haialas El Loco venceu Gabriel Fumaça por decisão unânime dos jurados

Quer ficar por dentro do mundo da luta? Clique e acesse o site da TATAME!