Evento acontece neste sábado, no Rio, e conta com outros 14 combates além da disputa de cinturão (Foto: Natalino Werneck)

Evento acontece neste sábado e conta com outros 14 combates além da disputa de cinturão (Foto: Natalino Werneck)

TATAME
24/05/2019
18:07
Rio de Janeiro (RJ)

O final de semana promete pegar fogo com mais uma edição do Shooto Brasil. Cumprindo a promessa de realizar entre dez a 12 shows ao longo do ano, a organização faz, neste sábado (25), na grandiosa ViVi Arena, o seu evento de número 92. Na luta principal, o campeão dos super-palhas Gilberto Cangaceiro coloca seu título em jogo diante de Lincoln Sá, depois de um empate entre os dois na última edição, em luta que não valia o cinturão. O card conta ainda com outros 11 combates no card principal, com destaque para os embates entre Caio Cocão e Alcides Nunes, além do duelo entre o ex-campeão dos galos Jafel Filho e Vinicius Salvador no co-main event. No card preliminar são outros três duelos, com início às 19h (de Brasília). O card principal começa às 20h, com transmissão ao vivo do Canal Combate.

Na pesagem oficial, realizada na manhã desta sexta (24), os protagonistas da noite não tiveram problemas com a balança. Gilberto Cangaceiro e Lincoln Sá marcaram 54,2kg e 54,4kg, respectivamente, e confirmaram a disputa de título. Representantes da co-luta principal, Jafel Filho e Vinicius Salvador também ficaram dentro do limite da categoria dos galos (até 61kg).

Aos 35 anos, o paraense Gilberto Cangaceiro tem história no Shooto Brasil. Ex-campeão dos palhas e atual detentor do título dos super-palhas, o lutador já fez 10 duelos no evento, com seis vitórias, duas derrotas e dois empates, sendo a primeira aparição na longínqua edição 18. Na carreira, ele soma 24 triunfos, cinco derrotas e os dois empates. O oponente de Gilberto é o fluminense Lincoln Sá, que aos 37 anos tem bastante rodagem no cenário nacional e soma um cartel de 23 vitórias, nove derrotas e um empate. No Shooto, ele já fez um main event, sendo derrotado por Bruno Macaco.

Outros nomes conhecidos do card são Alcides Nunes, Guilherme Doin e Diego Fiuri, todos companheiros de equipe na Nova União.

CARD COMPLETO

Shooto Brasil 92
ViVi Arena, Flamengo (RJ)
Sábado, 25 de maio de 2019

Card principal


Até 54kg: Gilberto Cangaceiro (54,2kg) (Constrictor Team/RKT) x Lincon Sá (54,4kg) (Nova União/Império Fight)
Até 61,2kg: Jafel Filho (Nova União) (61,3kg) x Vinicius Salvador (61,7kg) (Ribas Family)
Até 74kg: Caio Cocão (74,6kg) (LC Team) x Alcides Nunes (74,4kg) (Nova União)
Até 59kg: Romario Garcia (60,9kg) (Relma Combat) x (59,4kg)Luan Danger (BPT)
Até 54kg: Yan Teixeira (54kg) (Ari Fight) x Michel Costa (54,7kg) (Nova União MPBJJ)
Até 68kg: Pedro Esfirrão (68,5kg) (DTM Team) x Junior Negão (68,4kg) (Nova União)
Até 70kg: Tom Santos (71,8kg) (Maquininha do Futuro) x Guilherme Doin (72,3kg) (Nova União)
Até 66kg: Afonso Pacceli (66,2kg) (Tchaco Fight Team) x Diego Fiuri (68kg) (Nova União)
Até 58,5kg: Evelin Vampiro (58kg) (Boxe Thai) x Tati Brutos (59,7kg) (Equipe Warriors)
Até 61,2kg: Thiago Zé Pequeno (61,6kg) (ATS) x Maurício Buda (61,7kg) (Nova União)

Card preliminar

Até 63,5kg: Victor Buldoguinho (63,8kg) (BPT) x Cleiver Fernandes (63,3kg) (Nova União)
Até 52,2kg: Júlia Polastri (52,6kg) (CWB Fighter) x Geisa Veloso (52,6kg) (Nova União)
Até 63,5kg: João Luis Bastos (63,8kg) (ATS Tubarões) x Wendel Almeida (63,8kg) (Nova União)