Patrício Pitbull abriu mão do cinturão dos leves e agora só tem em mente uma revanche contra A.J. McKee

Patrício Pitbull abriu mão do cinturão dos leves e agora só tem em mente uma revanche contra A.J. McKee pelo título dos penas (Foto: divulgação Bellator)

LANCE!
11/10/2021
11:34
Natal (RN)

Depois de um longo reinado e diversos recordes batidos na categoria peso-pena, Patrício Pitbull acabou perdendo o seu cinturão em julho deste ano, quando foi derrotado por A.J. McKee na final do GP dos penas do Bellator. No entanto, o potiguar ainda ostentava o cinturão dos leves, mas na última semana decidiu abrir mão para que seu irmão Patricky Pitbull possa disputá-lo, algo que ele sempre disse que faria.

“Eu falei ao Bellator que abriria mão do cinturão agora caso eles colocassem a luta de Patricky pelo título. Eu tinha a opção de manter o cinturão e defender no início do próximo ano e depois disso tentar a revanche contra AJ, ou ir atrás da revanche de imediato. Eu falei que quero a revanche logo e que deixaria o cinturão vago para o Patricky lutar”, explicou Patrício.

Com a decisão de deixar o cinturão, Patrício só tem em mente uma revanche contra A.J. McKee. O potiguar, que chegou a cogitar disputar também o título dos galos, disse que agora só tem foco para a categoria dos penas.

“Meu foco está totalmente voltado para a revanche. Só vou lutar no peso-pena. O peso-galo só se for algo que faça sentido, como uma disputa de cinturão. E o peso-leve agora é assunto de Patricky, que se Deus quiser vai conquistar esse título agora e fazer ainda muitas defesas”, disse o ex-campeão.

Sobre a luta de seu irmão, que fará uma revanche contra Peter Queally valendo o título no dia 5 de novembro pelo Bellator 270, que acontecerá na casa de Queally, em Dublin, na Irlanda, Patrício está confiante que seu irmão dessa vez sairá vencedor. “Espero que seja um domínio do meu irmão. Ele está muito bem, como não via há anos, e acho que o sonho dele vai se concretizar dessa vez”, garantiu.