Pai de Khabib Nurmagomedov não resistiu as complicações do novo coronavírus e morreu nesta sexta (Foto Reprodução/Instagram/@abdulmanap.nurmagomedov)

Pai de Khabib não resistiu as complicações da Covid-19 (Foto Reprodução/Instagram/@abdulmanap.nurmagomedov)

TATAME
03/07/2020
10:54
Moscou (RUS)

Após ficar mais de dois meses internado lutando contra Covid-19 e complicações cardíacas, Abdulmanap Nurmagomedov, pai do campeão Khabib Nurmagomedov, morreu nesta sexta-feira (3) em Moscou, na Rússia, onde estava internado, aos 57 anos. A informação foi divulgada pelo site RT.com.

Em abril, ainda no Daguestão, o técnico foi hospitalizado pela primeira vez e teve o diagnóstico de pneumonia. Abdulmanap se recusou, na época, a fazer o teste para o novo coronavírus. O pai de Khabib teve piora no seu quadro clínico, foi levado para um hospital militar em Moscou e, então, testou positivo para Covid-19.

Abdulmanap chegou a sofrer paradas cardíacas e entrou em coma induzido. O lendário treinador de Sambo, arte marcial russa, chegou a recuperar a consciência, mas não teve outros avanços no seu quadro clínico.

Abdulmanap teve uma grande história dentro das artes marciais russas e formou diversos campeões mundiais de Wrestling. O renomado técnico também se dedicou aos treinos do filho, Khabib, para o tornar um campeão no MMA. Em setembro de 2019, Nurmagomedov esteve pela primeira vez ao lado do filho em uma luta no UFC, quando “The Eagle” finalizou Dustin Poirier em Abu Dhabi (EAU).