(Foto: Reprodução)

Christian Daghio morreu no último sábado (3), aos 49 anos, após sofrer duro nocaute (Foto: Reprodução)

TATAME
05/11/2018
13:30
Rio de Janeiro (RJ)

O mundo das lutas sofreu uma importante perda. Heptacampeão mundial de Muay Thai, Christian Daghio faleceu aos 49 anos após sofrer um nocaute brutal no duelo contra Don Pareuang, válido pelo título do torneio de Boxe da WBC Asian, em Rangsit, na Tailândia.

Depois da luta, o italiano foi internado e entrou em coma, estado em que ficou por sete dias. No último domingo (4), entretanto, Daghio não resistiu e acabou falecendo por conta dos danos cerebrais sofridos no combate diante de Pareuang, deixando esposa e uma filha.

- Ele morreu como queria morrer. Ele disse que queria lutar até os 80 anos. O ringue foi a sua vida e ele morreu como um campeão - disse o irmão de Christian, segundo tradução da “ABC”.

Além dos sete títulos mundiais no Muay Thai, Daghio é considerado uma grande estrela da modalidade pois foi o primeiro lutador europeu a conseguir graduação na Tailândia, país que é berço do esporte. O veterano italiano chegou a ficar um ano sem lutar e, posteriormente, voltou à ativa pelo Boxe, onde estava invicto, com dez vitórias. No Muay Thai, Christian acumulou cerca de 200 lutas e gerenciava uma academia na Tailândia.

Veja o nocaute abaixo: