mousasi

Mousasi levou a melhor sobre Machida na luta principal e vingou o revés no UFC (Foto: Bellator MMA)

TATAME
29/09/2019
13:26
Califórnia (EUA)

Após o evento organizado em Dublin, na Irlanda, na última sexta-feira (27), o Bellator realizou sua edição 228 no último sábado (28), em mais um grande show para os fãs de MMA. Na luta principal da noite, Lyoto Machida e Gegard Mousasi voltaram a se enfrentar, no entanto, diferente do primeiro encontro entre os lutadores, em 2014, quando o brasileiro saiu vencedor no UFC, agora foi a vez do iraniano levar vantagem, triunfando por decisão dividida.

Logo no round inicial, Mousasi “largou na frente” ao acertar um bom cruzado de direita e balançar Lyoto, que resistiu, mas recebia alguns golpes de encontro do adversário. No assalto seguinte, Gegard seguiu mais ativo, colocando o brasileiro contra a grade e trabalhando seu jogo agarrado.

No terceiro e último assalto, Mousasi conseguiu uma queda sobre Machida e trabalhava por cima. Todavia, na reta final do confronto, Lyoto aplicou uma justa guilhotina, que por pouco não forçou os três tapinhas por parte do iraniano naturalizado holandês. Fim de combate e, por decisão dividida, Gegard foi declarado vencedor, pedindo ainda pela revanche com o atual campeão Rafael Lovato Jr, que o destronou.

Patrício Pitbull triunfa com atuação dominante

Campeão duplo do Bellator, Patrício Pitbull colocou em jogo seu título no peso-pena no co-main event, em duelo contra Juan Archuleta, que também marcou o fim da primeira rodada do GP dos Penas da organização. Em combate que durou cinco rounds, o brasileiro teve uma atuação dominante e foi superior ao adversário em todas as áreas da luta, estando próximo de finalizar o rival.

Na decisão dos jurados, por decisão unânime, Patrício contabilizou seu 30º triunfo na carreira e, além de manter o título nos penas, avançou para a próxima fase do torneio, onde, em março, vai encarar o português Pedro Carvalho nas quartas de final de olho no prêmio de US$ 1 milhão.

GP dos Penas tem nocaute em 8s e quartas de final

Além da vitória de Patrício sobre Archuleta, o GP dos Penas contou com outros combates no card do Bellator 228. Invicto no MMA, com 15 vitórias, o jovem A.J. McKee, de apenas 24 anos, deu um grande show e precisou de somente oito segundos para nocautear Georgi Karakhanyan no card principal e também avançar à próxima fase. Seu rival será Derek Campos, em combate que acontece no mês de dezembro.

Ex-campeão peso-galo, Darrion Caldwell travou dura disputa contra Henry Corrales, mas saiu vencedor por decisão unânime e vai encarar Adam Borics em janeiro, pelas quartas de final do Grand Prix. O outro vencedor da noite de sábado foi o alemão Daniel Weichel, que superou Saul Rogers por unanimidade e já tem confronto marcado diante de Emmanuel Sanchez para fevereiro.

Dupla brasileira brilha no card preliminar

Com Lyoto sendo derrotado por Mousasi e Patrício superando Archuleta, o Bellator 228 contou ainda com outros dois brasileiros em ação. No card preliminar, o peso-galo Leandro Higo teve boa atuação diante de Shawn Bunch e saiu com o triunfo após finalizar o oponente com uma guilhotina.

Representando a cidade de Cuiabá, o casca-grossa Weber Almeida também teve desempenho de destaque e nocauteou Castle Williams no segundo assalto, mantendo sua invencibilidade em três lutas no MMA.

RESULTADOS COMPLETOS:

Bellator 228
Inglewood, na Califórnia (EUA)
Sábado, 28 de setembro de 2019


Card principal
Gegard Mousasi derrotou Lyoto Machida por decisão dividida dos jurados
Patrício Pitbull derrotou Juan Archuleta por decisão unânime dos jurados
A.J. McKee derrotou Georgi Karakhanyan por nocaute técnico no 1R
Darrion Caldwell derrotou Henry Corrales por decisão unânime dos jurados
Daniel Weichel derrotou Saul Rogers por decisão unânime dos jurados

Card preliminar
AJ Agazarm derrotou Jonathan Quiroz por decisão unânime dos jurados
Ava Knight derrotou Shannon Goughary por nocaute no 3R
Antonio McKee derrotou William Sriyapal por nocaute técnico no 2R
Johnny Cisneros derrotou Michael Jasper por nocaute técnico no 2R
Leandro Higo finalizou Shawn Bunch com uma guilhotina no 2R
Weber Almeida derrotou Castle Williams por nocaute técnico no 2R
Joshua Jones finalizou Dominic Clark com uma guilhotina no 1R
James Barnes finalizou David Duran com um mata-leão no 2R