General Richard Nunes exaltou trabalho do esporte no desenvolvimento humano (Foto: Divulgação)

General Richard exaltou trabalho da Copa das Forças de Segurança no desenvolvimento social (Foto: Divulgação)

TATAME
28/11/2018
19:30
Rio de Janeiro (RJ)

No próximo sábado (1), representantes das mais variadas instituições de segurança pública do estado do Rio de Janeiro disputam a primeira edição da Copa das Forças de Segurança. A competição de Jiu-Jitsu reunirá guardas municipais, bombeiros, policiais militares, civis e federais, além do exército, marinha e aeronáutica. O evento, que terá como palco a Arena Carioca I, na Parque Olímpico, está previsto para começar às 8h e será aberto ao público através da doação de 2kg de alimentos não-perecíveis.

Nesta quarta-feira (28), importantes autoridades exaltaram a importância da ação organizada pela parceria entre Centro de Educação Física e Desporto da Polícia Militar (CEFD), a FJJD-Rio e a Super Rádio Brasil. Secretário de Estado de Segurança Pública, o general Richard Nunes destacou a integração dos órgãos através da competição esportiva.

- Eu louvo essa iniciativa de esporte como instrumento de integração entre as forças de segurança, afinal de contas o esporte é um dos instrumentos de fortalecimento do caráter, do desenvolvimento da educação de maneira integral. Então, ao meu ver, as atividades esportivas são um poderoso instrumento para que a gente alcance resultados mais altos e que as instituições cada vez mais se unam em prol do bem comum - disse.

Segundo Chefe de Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro, o delegado Rivaldo Barbosa fez questão de manifestar a empolgação dos agentes da instituição em poder participar da importante confraternização entre forças de segurança e sociedade.

- Qualquer ação que venha a integrar não só as forças policiais mas a sociedade como um todo, é um ato elogiável e aceito pela instituição Polícia Civil. Parabenizo todas as instituições que se uniram para promover este evento e digo que a Polícia Civil está extremamente feliz por fazer parte de uma ação tão integradora como esta. Em nome da Polícia Civil, eu agradeço profundamente por fazer parte desse momento - apontou.

Produzido pela Federação de Jiu-Jitsu Desportivo do Rio (FJJD-Rio), com o apoio de LBV, Super Rádio Brasil, Prime Esportes, CEFD, Secretaria de Segurança, Ministério do Esporte - por meio da Autoridade de Governança do Legado Olímpico (Aglo) - e Carvalho Hosken S.A., a competição receberá centenas de competidores, que serão divididos por idade, faixa e categoria de peso, tanto no feminino quanto no masculino. As inscrições custam duas latas de leite em pó por atleta. Todo o arrecadado será doado a famílias necessitadas através da campanha “Natal permanente da LBV – Jesus, o Pão Nosso de Cada Dia”.