Carlos é da Favela do Bichinho, em São Gonçalo, e treina na academia Russão Muay Thai (MRT)

Carlos é da Favela do Bichinho, em São Gonçalo, e treina na academia Russão Muay Thai (MRT) (FOTO: Divulgação)

LANCE!
08/12/2017
14:36
Rio de Janeiro (RJ)

O maior evento de MMA para moradores de favelas do mundo chega à sua sexta edição. Promovido pela Central Única das Favelas (CUFA) com produção da InFavela, o Festival de Lutas da CUFA (FLC) acontece no próximo dia 14 de dezembro, quinta-feira, no Espaço CUFA (no viaduto de Madureira). O Canal Combate transmite tudo ao vivo, a partir das 20h.

Esta edição promete agitar o Viaduto Negrão de Lima, pois contará com uma disputa de cinturão peso-pesado (mais de 120 Kg), entre Carlos Ruan e Renan Problema. Carlos é da Favela do Bichinho, em São Gonçalo, e treina na academia Russão Muay Thai (MRT), enquanto Renan vem do interior de Goiás, e está na Team Nogueira.

Carlos Ruan vem com moral, pois na última edição do FLC, em maio, ele deixou o adversário Júnior Dinamite desacordado, diante de um Viaduto de Madureira lotado. Seu oponente na luta de quinta, porém, garante que esse retrospecto não será problema.

- Eu sempre terei cautela, mas temer nunca! Me preparei bastante para essa luta, e estou muito confiante que posso sair com a vitória - disse Renan Problema, que treina na Team Nogueira.

Carlos Ruan também vem treinando forte, e está confiante que pode deixar o octógono do FLC tendo vencido mais uma luta por nocaute.

- Estou muito bem, e quero nocautear meu adversário. Venho treinando para isso, para levar esse cinturão para casa - vislumbrou o peso pesado.

Além da disputa pelo título, que na edição passada ficou com o peso galo Rafael Apocalipse, que depois da conquista já recebeu convites até para lutar fora do Brasil, o evento da noite de quinta-feira, contará com mais uma performance da promessa do MMA brasileiro Wallace Lopes, que também participou com vitória do FLC 5, e tem o seu jogo comparado ao do canadense Georges St. Pierre, estrela do UFC. Ele vai medir forças com Luanderson Tourinho, no peso mosca. Outro combate que deve chamar a atenção do público, que for ao Espaço CUFA, é o de Camey Meiota e Jorginho Filho.

Como já é tradição do FLC, o evento vai contar com duas lutas femininas. A estreante na modalidade Karina enfrenta Ketlin Thais, na categoria peso galo, e Elaina Pantera, que foi derrotada na última edição do evento exclusivo para moradores de favela, encara Jéssica Delboni, pelo peso palha.

O Festival de Lutas da CUFA conta com apoio da Comunidade Door, rádio FM O Dia, Vai Voando, CUFA Card e Favela Vai Voando.

Serviço
FLC6
Data: 14 de dezembro (quinta-feira)
Local: Espaço CUFA
Endereço: Francisco Batista, 02, sob o viaduto Negrão de Lima, Madureira
Horário: 20h (de Brasília).

Confira o Card
1 - Karina Oliveira X Ketlin Thais (Galo)
2- Júnior Orelha X Luis Carlos Pará (Galo)
3 - Pedro Henrique Santos X Caio Eduardo (Leve)
4 - Jobson Nogueira X Vanilton Antunes (Leve)
5 - Romário Garcia X Gonzalo Loffler (Mosca)
6 - Leandro Munrá X Marcos Sorriso (Pena)
7 - Jorge Daniel He-man X Guilherme Nogueira (Meio médio)
8 - Ruan Machado X Max Alves (Leve)
9 - Wallace Lopes X Luanderson Tourinho (Mosca)
10 - Elaine Pantera X Jéssica Delboni (Palha)
11- Cemey Meiota X Jorginho Filho (Médio)
12 - Renan Problema X Carlos Ruan (Pesado – CINTURÃO)