Henrique Madureira e Rafael Cowboy faturam o título em evento realizado no Rio de Janeiro (Foto: Douglas Schneider)

O Jacara FC coroou dois novos campeões em evento realizado no Rio de Janeiro (Foto: Douglas Schneider)

LANCE!
12/09/2020
12:45
Rio de Janeiro (RJ)

O Jacara FC voltou. E teve chuva de nocautes. No último dia 5 de setembro, a organização retornou após oito meses de sua primeira edição com um evento bem diferente do habitual. Com um rígido protocolo de prevenção contra o coronavírus, o evento realizou um card com 11 lutas, na CT LC Team, em Jacaraípe, no Espirito Santo. Na luta principal da noite, Rafael Cowboy nocauteou Thiago Fernandez no terceiro round e faturou o cinturão dos galos da organização. Está foi a segunda oportunidade de Cowboy pelo cinturão, que em fevereiro acabou sendo derrotado por Hamyrez Oliveira, que após assinar com o Brave FC, deixou vago seu título. Já no co-main event, Henrique Madureira bateu Geovani Chieppe e faturou o título dos penas.

O card contou ainda com outras nove lutas. No duelo que antecedeu os dois principais da noite, Brena Cardozo, grande destaque do Kickboxing feminino, protagonizou um combate de apenas um round. Sua adversária, Larissa Vaz, fraturou a mão direita e foi obrigada a desistir do embate. Os demais destaques ficaram por conta de Jhonnis Matheus, Leon Soares, Ricardo Souza e Mesaque Domingos, todos vencendo seus respectivos combates por nocaute.

Rígido protocolo de prevenção marca primeiro evento após início da pandemia

O Jacara Fight Combat recebeu esse nome, por conta da cidade, Jacarípe (Espírito Santo), uma homenagem feita por seu organizador, Luiz Carlos, morador da cidade onde também é sediada sua equipe de MMA. Para voltar a realizar uma edição do evento, a organização contou um rígido protocolo de prevenção contra a COVID-19. Todos os atletas envolvidos no evento foram testados, assim como os lutadores e seus corners. Todo o staff envolvido com o evento também foram testados.

Todos foram obrigados a usar máscaras, tanto na pesagem quanto no dia do evento. O lutador só pôde retirar a máscara na hora de subir ao cage. O ambiente também foi constantemente higienizado e os vestiários e corners tinham marcações no chão para respeitar o distanciamento social. Além disso, os membros das equipes foram orientados a retirar quaisquer adereços como anéis, pulseiras, cordões, brincos e relógios. Também não houve entrada de nenhum tipo de público e nem imprensa. Apenas a equipe de transmissão reduzida.

Confira abaixo os resultados completos do evento:

Jacara FC 2
Jacaraípe, Espirito Santo
Sábado, 5 de setembro de 2020


- Rafael Cowboy venceu Thiago Naja por nocaute no 3R;
- Henrique Madureira venceu Geovani Kamikaze por nocaute técnico no 2R;
- Brena Cardozo venceu Larissa Bullet por nocaute técnico (desistência) no intervalo do 1R;
- Jhonnis Matheus venceu Denis Bogado (ARG) por nocaute técnico no 1R;
- Frank Jagunço venceu Tiago Patati por finalização (mata-leão) no 1R;
- Leon "Ogro" venceu Abner Patesi por nocaute (cotovelo reto) no 1R;
- Jonatas Dantas venceu Allan "Popó" por finalização (arm lock) no 1R;
- Ricardo Nery venceu Kaique Machado por nocaute técnico no 1R;
- Reinaldo Lango-Lango venceu Hyan Romero por finalização no 2R;
- Mesaque Moreno venceu Léo Periquito por nocaute técnico (desistência) no 1R;
- Adilson Ramos venceu Weber Sherek por decisão unânime (30x27).