talita

Talita Bernardo foi uma das atletas dispensadas pelo Ultimate (Foto: Reprodução Instagram)

TATAME
20/03/2020
10:40
Rio de Janeiro (RJ)

Durante alguns períodos de cada ano, o Ultimate anuncia uma lista de dispensa por parte dos lutadores da organização, tendo em vista que novos atletas são contratados e, consequentemente, o plantel é renovado. Na maioria dos casos, as demissões desses atletas ocorrem por derrotas, tempo de inatividade, suspensões por doping ou término de contrato, e na última quarta-feira (18), a organização anunciou novas dispensas.

Ao todo, foram 14 comunicados de demissão anunciados pelo UFC, de acordo com o site “Sherdog” e também pelo canal de notícias “TASS”. Desses, três são brasileiros: Talita Bernardo, Marcos “Dhalsim” Mariano e Isabela de Pádua. Talita, de 33 anos, fez três lutas pela franquia, sendo derrotada em três e saindo vitoriosa em uma. Já Marcos Dhalsim, contratado pela companhia em 2019, foi derrotado nas duas vezes que entrou no octógono lutando pelo Ultimate, para Lando Vannata e Claudio Puelles, respectivamente.

Já Isabela de Pádua fez somente uma luta pela organização, em novembro do ano passado, quando foi derrotada por Ariane Lipski no UFC São Paulo. Chamada de última hora para o combate, Isabela pesou 2kg acima do permitido para a categoria, mas mesmo assim o confronto foi realizado. Todavia, em fevereiro deste ano, a paulista foi suspensa por dois anos pela USADA (Agência Antidoping dos EUA) após testar positivo para uma substância proibida pelo órgão.

Além dos três brasileiros citados, outros 11 lutadores foram dispensados. São eles: Mairbek Taisumov, Chance Rencountre, Cyril Asker, Dong Hyun Ma, Ismail Naurdiev, Jodie Esquibel, Khalid Murtazaliev, Kyle Prepolec, Matthew Lopez, Tonya Evinger e Zhenhong Lu.