(Foto: Reprodução)

Paddy Pimblett foi um dos premiados após nocautear Luigi Vendramini (Foto: Reprodução/UFC)

TATAME
05/09/2021
10:00
Las Vegas (EUA)

Realizado no último sábado (4), em Las Vegas, nos Estados Unidos, o UFC Vegas 36 contou com apenas nove lutas – menos que o habitual em cards da organização -, mas não deixou de ter boas atrações para os fãs de MMA. Ao fim do evento, como já é de praxe, a companhia divulgou os lutadores que foram premiados por suas performances e também o melhor combate da edição, e cada um dos atletas faturou US$ 50 mil (R$ 260 mil na cotação atual).

Os premiados pela “Performance da Noite” foram os ingleses Paddy Pimblett e Tom Aspinall. Fazendo sua estreia no Ultimate, Pimblett teve pela frente Luigi Vendramini e, após superar um início difícil no confronto, conseguiu nocautear o brasileiro ainda no primeiro round. Também no assalto inicial, seu compatriota, o peso-pesado Tom Aspinall teve um desempenho de destaque e nocauteou o moldavo Serghei Spivac no co-main event da edição.

Já o bônus de “Luta da Noite” foi direcionado ao confronto entre Molly McCann e Ji Yeon Kim, válido pela categoria peso-mosca feminino. Com uma atuação de muita técnica e também muita garra, a inglesa de Liverpool mostrou superioridade durante grande parte dos três rounds do duelo e saiu com o triunfo sobre a coreana na decisão unânime dos jurados, recuperando-se das derrotas sofridas para Taila Santos e Lara Procópio, respectivamente.

RESULTADOS COMPLETOS:

UFC Vegas 36
UFC APEX, em Las Vegas (EUA)
Sábado, 04 de setembro de 2021

Card principal
Derek Brunson finalizou Darren Till com um mata-leão no 3R
Tom Aspinall derrotou Serghei Spivac por nocaute técnico no 1R
Alex Morono derrotou David Zawada por decisão unânime dos jurados
Khalil Rountree derrotou Modestas Bukauskas por nocaute técnico (interrupção médica) no 2R
Paddy Pimblett derrotou Luigi Vendramini por nocaute no 1R

Card preliminar
Molly McCann derrotou Ji Yeon Kim por decisão unânime dos jurados
Jack Shore derrotou Liudvik Sholinian por decisão unânime dos jurados
Julian Erosa derrotou Charles Jourdain com um triângulo de mão no 3R
Marc-André Barriault derrotou Dalcha Lungiambula por decisão unânime dos jurados