lance biz logo

Finanças

twitter logo
twitter logo
twitter logo
twitter logo

Palmeiras supera R$ 670 milhões em premiações sob comando de Abel Ferreira; veja raio-x

Técnico levanta o nono título à frente do Verdão ao conquistar o Campeonato Brasileiro 2023

53380650447_73d3e03137_h-aspect-ratio-512-320

Abel Ferreira, técnico do Palmeiras, com a taça do Brasileirão 2023 (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Lance! - 11/12/2023 - 08:00

Lance! - 11/12/2023 - 08:00

A passagem de Abel Ferreira pelo Palmeiras tem empilhado taças e milhões nas contas do clube. Na última quarta-feira (6), o Verdão conquistou o nono título sob comando do português: o Brasileirão 2023, após empate com o Cruzeiro, no Mineirão.

Com o prêmio de R$ 47,5 milhões destinado ao campeão, o clube chegou a R$ 673 milhões em bônus por desempenho e direitos de televisão com Abel à frente da equipe. Este é o valor bruto, sem descontos por impostos, e inclui pagamentos da Crefisa, principal patrocinadora alviverde.

➡️ Acompanhe os negócios no esporte em nosso novo canal. Siga o Lance! Biz no WhatsApp

Foram 21 competições desde a chegada do técnico ao Verdão, em novembro de 2020, e 11 finais disputadas. De lá para cá, o Palmeiras ganhou nove títulos:

🏆 Brasileirão (2022 e 2023)
🏆 Libertadores (2020 e 2021)
🏆 Copa do Brasil (2020)
🏆 Recopa Sul-Americana (2022)
🏆 Supercopa do Brasil (2023)
🏆 Paulistão (2022 e 2023)

➡️ Quais clubes mais arrecadaram com bilheteria no Brasileirão 2023? Veja ranking

A temporada mais lucrativa foi a de 2020, a primeira com Abel Ferreira. Com os títulos da Libertadores e da Copa do Brasil, além da participação no Brasileirão e Mundial de Clubes, o Palmeiras faturou R$ 223,7 milhões.

A conta leva em consideração o momento em que Abel chegou. Dessa forma, as receitas por direitos de transmissão da fase de grupos da Libertadores 2020 não foram incluídas. O português assumiu o Palmeiras já no mata-mata.

➡️ Campeão da Copa do Brasil, Libertadores ou Brasileirão: quem fatura mais alto?

Premiações vão todas para o caixa do Palmeiras?

Cabe ressaltar que, dos valores citados acima, nem tudo vai para os cofres do Palmeiras. Uma parte considerável das premiações fica retida em impostos, por exemplo, e outra é usada para premiar jogadores, comissão técnica e funcionários do clube.

Na Libertadores, a Conmebol abate multas aplicadas aos clubes do valor total da premiação. Quanto aos bônus da Crefisa, os valores são usados para amortizar a dívida palmeirense com a empresa.

Abel Ferreira e Leila Pereira - Palmeiras

Abel Ferreira ao lado de Leila Pereira, presidente do Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Compartilhetwitter logofacebook logowhatsapp logo
share logo

Relacionados