Fluminense x Atlético-PR

Clube tem a melhor campanha até aqui da Copa Sul-Americana, com oito vitórias e apenas duas derrotas (Foto: André Melo Andrade/Eleven)

LANCE!
05/12/2018
14:59
Curitiba (PR)

Para o técnico Tiago Nunes, a conquista da Sul-Americana é a grande oportunidade do Atlético-PR mudar de patamar no futebol mundial. O Furacão busca a primeira conquista internacional. Em 2005, o clube chegou a final da Taça Libertadores da América, mas acabou derrotado pelo São Paulo e ficou com o vice campeonato.

- A Sul-Americana é a oportunidade real do Atlético-PR de se tornar um clube internacional. É a grande chance que a gente tem de colocar o nome do Atlético-PR em uma condição que merece. Já deu na trave na Libertadores, campeão brasileiro, tem muita história, torcida e estrutura. É o passo que falta para a gente consolidar o Atlético-PR em um nível maior - aponta Tiago Nunes.

No entanto, o treinador faz sempre questão de enfatizar a qualidade do Junior Barranquilla-COL, adversário do Furacão na final da Copa Sul-Americana.

- É uma equipe que a gente vem estudando muito. A gente avaliou todos os jogos na competição e acompanhou alguns do Campeonato Colombiano. Não chega à decisão por acaso, chega com qualidade e muito mérito. Sabemos da gana de vencer essa competição. É uma equipe que gosta de ter a bola, muito agressiva na marcação e joga em função da sua torcida também - analisa o comandante atleticano.

O Furacão deve ir a campo na noite desta quarta-feira, na partida de ida da final, com: Santos; Jonathan, Thiago Heleno, Léo Pereira e Renan Lodi; Lucho González, Bruno Guimarães e Raphael Veiga; Marcelo, Nikão e Pablo.