Sistema defensivo da Ponte Preta controlou o ataque do Coxa

Sistema defensivo da Ponte Preta controlou o ataque do Coxa (Foto: Divulgação/ Coritiba)

LANCE!
13/11/2018
23:44
Curitiba (PR)

Na noite desta terça-feira, a Ponte Preta bateu o Coritiba por 2 a 0, no Estádio Moisés Lucarelli, com um gol contra marcado pelo lateral Leandro Silva e o outro anotado pelo atacante Júnior Santos. Com o triunfo, a equipe de Campinas enfim entrou no G-4 da Série B. Já o Coxa, sem chances de acesso, e se afundou ainda mais na crise institucional.

Logo no início do jogo, a Ponte Preta encaminhou a vitória. Logo aos quatro minutos, o escanteio era para o Coritiba. Mas Matheus Bueno cobrou muito mal e Ruan, da equipe de Campinas, pegou a bola e disparou, atravessou o campo e cruzou. No segundo pau estava Leandro Silva, do Coxa, que tentou cortar, mas acabou marcando contra. 1 a 0.

Atrás no placar, o Coritiba viu Wellington Simião ficar na cara do gol, mas chutou muito mal. Já a Ponte demorou para chegar, mas quando conseguiu foi fatal. Aos 38 minutos, após uma bonita jogada envolvendo Victor Rangel e Matheus Vargas, o atacante Júnior Santos ampliou. 2 a 0.

Na etapa final o jogo foi mais brigado do que jogado. Tanto é que, aos 13 minutos, João Vítor foi expulso por uma entrada violenta em Matheus Bueno. Mas mesmo com um jogador a mais, o Coritiba nada criou. A única chance de gol que surgiu foi da Ponte, com Danilo Barcelos, que em cobrança de falta exigiu uma importante defesa do goleiro Rafael Martins.

Se o 2 a 0 levou a Ponte Preta ao G-4 e a vice liderança da Série B, o placar afundou ainda mais o Coritiba em crise. Nesta terça, um grupo de conselheiros juntou assinaturas para abrir o processo pedindo a saída do presidente Samir Namur.