Pablo atuou 49 vezes com a camisa do clube em 2018

(Foto: Miguel Locatelli/ Atlético-PR)

LANCE!
04/12/2018
17:49
Curitiba (PR)

O Atlético-PR tem ainda mais duas partidas para encerrar sua temporada. O Furacão encara na próxima quarta-feira, às 22h45, no estádio Metropolitano de Barranquilla, o Junior Barranquilla. E, no dia 12 de dezembro, receberá os colombianos na Arena da Baixada. Ambas as partidas são válidas pela final da Copa Sul-Americana.

Mesmo tendo ainda mais dois jogos a fazer, o atacante Pablo já pode comemorar o fato de 2018 ser o ano em que ele mais entrou em campo. No total, o jogador revelado pelo Atlético Paranaense fez 49 jogos com 24 vitórias, 11 empates e 14 derrotas. Ele superou as 48 partidas que fez pelo Furacão em 2016.

Vale lembrar que o Atlético-PR utiliza uma equipe alternativa no Campeonato Paranaense, em função disso, Pablo não esconde a felicidade pelo número de jogos que tem nesse ano.

-Sei bem o que é o futebol brasileiro. Chegar uma marca significativa de jogos sem ter atuado no estadual é algo que me deixa muito feliz. Nada disso seria possível se não tivesse o suporte de todo o staff do Atlético Paranaense. Por isso, agradeço todos os profissionais que me deixaram em boas condições de encarar um calendário puxado com Série A, Sul-Americana e Copa do Brasil. Quero fechar 2018 ultrapassando a marca de 50 partidas - admite.

Pablo esteve em campo no último sábado, quando o Atlético Paranaense superou o Flamengo, de virada, por 2×1 em pleno o estádio Maracanã. Sendo preservado para final da Sul-Americana, Pablo iniciou o compromisso em solo carioca no banco de reservas, mas entrou no intervalo, quando o Furacão perdia por 1×0 e pôde ajudar na bela virada. No turno, o rubro-negro paranaense já havia vencido o Flamengo por 3×0, com direito a um gol de Pablo.

- Foi uma vitória importante para coroar nosso excelente returno e para comprovar que o Atlético não tem apenas 11 titulares, mas sim um grupo muito forte. Conseguimos uma linda virada e todos estão de parabéns - exalta o atacante.

Com o término do Brasileirão, tendo ficado em terceiro lugar da artilharia com 12 gols, atrás apenas de Gabriel (Santos) e Ricardo Oliveira (Atlético Mineiro), o atacante Pablo concentra seu foco para decisão da Sul-Americana. Será, aliás, a primeira final internacional dele.

- Essa final será muito importante para o Atlético Paranaense, pois vale uma vaga na Libertadores e um título internacional de respeito. Nós temos que manter o estilo Atlético Paranaense de jogo nessa final, que é o de impor o jogo. Acredito que só assim poderemos ser campeões. É preciso muita inteligência. São 180 minutos de decisão e é fundamental conquistarmos um resultado positivo na Colômbia para trazermos uma boa vantagem na nossa casa. Afinal, somos fortes atuando na Arena - finaliza o maior artilheiro da nova Arena da Baixada.