Coritiba campeão

Coritiba conquista seu trigésimo oitavo título do Paranaense. (Divulgação/Coritiba)

Guilherme Moreira
07/05/2017
18:02
Curitiba (PR)

O Coritiba conquistou o Campeonato Paranaense de 2017. Na tarde deste domingo, o Coxa empatou com o Atlético-PR por 0 a 0, no Couto Pereira, e terminou com o jejum de títulos, que não acontecia desde 2013. No primeiro jogo, na Arena da Baixada, o Verdão venceu por 3 a 0 e aproveitou essa vantagem na finalíssima. O confronto, pela terceira vez, teve transmissão do Youtube e Facebook, uma inovação da dupla Atletiba neste Estadual, que não vendeu os direitos de transmissão para a Rede Globo.

A primeira etapa iniciou em ritmo lento, com as equipes precavidas e se arriscando pouco. Com 10, em um chutão despretensioso do zagueiro Juninho, a bola parou em Anderson, que tocou para Kleber, na entrada da área, chutar por cima do travessão. O Furacão, como de praxe nesta temporada, mantinha a posse de bola, mas sem objetivo algum. Novamente, a equipe enfrentou dificuldades na criação e não conseguia infiltrar na zaga alviverde, girando a bola lentamente.

O Verdão, administrando o duelo, aparecia na frente com mais objetividade. Aos 28, o centroavante recebeu de frente para bater e, dessa vez, bateu rasteiro e fraco nas mãos do goleiro. Seis minutos depois, Anderson puxou o contra-ataque e passou mais uma vez para Kleber que, dentro da área e sem ângulo, parou em Weverton.

Com 42, uma polêmica. Lucho deu um belo passe de primeira para João Pedro,
que foi empurrado na área por Weley, mas a arbitragem nada marcou. A única chegada com real perigo do Atlético-PR foi de bola parada. Com 44, Rossetto viu Wilson adiantado e decidiu bater direto, surpreendendo o arqueiro, que teve que se esticar todo para evitar o gol.

Na volta do intervalo, o Furacão tentou buscar um gol no início para tentar empolgar. Aos 5, Crysan fez boa jogada individual e chutou cruzado, passando perto da trave. Com 11, depois da cobrança de falta, Wanderson escorou para a pequena área e Wilson tirou a bola dos pés de Grafite na hora de rolar para as redes.

Após os 15min, o time atleticano viu que o título não estava mais ao seu alcance e não atacou mais. O Coxa, aos poucos, ainda chegava com certo perigo nos arremates de fora da área. Henrique Almeida e Kleber tentaram, mas um foi para fora e outro ficou na defesa do goleiro.

A partir dos 30, a partida ficou morna e pouco acontecia dentro de campo. O Verdão apenas esperava o apito final para comemorar com a torcida, enquanto o Furacão via o sonho do bicampeonato cada vez mais distante. Anderson, aos 38, ainda teve a melhor chance do jogo, em contra-ataque puxado por Henrique Almeida, mas Weverton fez linda defesa com o braço. Um minuto depois foi a vez de Anderson tocar para Almeida, que chutou em cima do arqueiro, na última oportunidade antes do fim da decisão.

Esse é o trigésimo oitavo título paranaense do Coritiba, que continua com larga vantagem para o rival Atlético-PR, com 23 taças conquistadas.

FICHA TÉCNICA
CORITIBA 0X0 ATLÉTICO-PR

Local
: Couto Pereira, em Curitiba (PR)
Data-Hora: 7/5/2017 - 16h
Árbitro: Adriano Milczvski
Auxiliares: Bruno Boschilia e Ivan Carlos Bohn
Público/renda: 32.869 pagantes/R$ 1.459.410,00
Cartões amarelos: William Matheus, Kleber (COR); Crysan, Otávio (ATL)

CORITIBA: Wilson; Rodrigo Ramos (Walisson Maia, 19'/2ºT), Werley, Juninho e William Matheus; Alan Santos, Matheus Galdezani, Anderson e Iago (Neto Berola, 7'/1ºT) (Jonas, 29'/2ºT); Henrique Almeida e Kleber. Técnico: Pachequinho.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Cascardo, Wanderson, Marcão e Sidcley; Otávio, Matheus Rossetto, Lucho González (Eduardo da Silva, 16'/2ºT), João Pedro (Yago, 41'/2ºT) e Crysan; Grafite. Técnico: Paulo Autuori.