Jogo das Estrelas

Zico comemora a 15ª edição do Jogo das Estrelas (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)

Carlos Bandeira de Mello, Matheus Dantas e Marcello Neves
28/12/2018
07:40
Rio de Janeiro (RJ)

Zico saiu satisfeito com o resultado do Jogo das Estrelas, que aconteceu na noite da última quinta-feira, no Maracanã, no Rio de Janeiro, mas ao final deu recado para o Flamengo. O Galinho de Quintino afirmou que o clube precisa ter ex-jogadores na direção para que repassem experiências aos novos contratados. 

- Quem está lá dentro, sabe dos problemas a serem resolvidos. A gente trabalhava no futebol há muito tempo, e lá no Kashima, tem muita cobrança e as coisas mudaram, e souberam valorizar o profissionalismo. O que acho é que muita gente é contratada sem saber a história do clube. Não tem ninguém lá para dizer a história... Você vai no Real Madrid e vê a quantidade de ex-jogadores que estão lá, no Bayer de Munique é a mesma coisa. Será que no Flamengo não existem pessoas para esses cargos? Normalmente, os jogadores que são utilizados no Flamengo ficam pouco tempo, só para preencher.

- O Flamengo precisa promover os ex-jogadores para se especializar em alguma coisa. Assim, os reforços, que não têm identificação com o clube para ajudar esses jogadores. Você vê que os atletas da base são diferentes. 


O ídolo do Flamengo ainda comentou sobre o assunto mais abordado da noite: Gabigol. O jogador da Inter de Milão interesse ao Flamengo, e com isso o ex-jogador afirmou que o atacante tem futuro com as cores preta e vermelha. 

- Grande artilheiro, é um jogador de muita qualidade. Lógico que é um jovem e que é cobrado quando veste uma camisa do exterior, não foi tudo aquilo que se esperava, mas tem um futuro. Se o Flamengo conseguir essa contratação, ele já pôde sentir o gostinho da torcida.

Zico também comentou sobre a chegada de Abel Braga ao Flamengo. O principal objetivo do novo treinador, segundo o Galinho, será conquistar títulos, já que a estrutura foi bem trabalhada por Eduardo Bandeira de Mello. 

- Ganhar títulos. O Flamengo tem toda uma estrutura para todo mundo, trabalhar bem, e não pode reclamar. A gente tem que parabenizar a gestão do Bandeira, que comprou essa ideia. Então, o profissional só tem que saber a história do clube e jogar futebol. A torcida do Flamengo não cobra quem dá drible, finta, e sim o jogador que não corre, não luta. E os garotos da base entendem melhor, os que são contratados. 

OUTROS TRECHOS: 

De pelada a jogo sério
Algumas estreias boas, jogadores que ralaram muito. Muita gente não acreditava e é mais uma pelada que tem por aí. Me desculpe, mas eu ficou irritado quando alguém chama de pelada. Primeiro, quando eu estou em campo não é pelada, então, me irrita, e a gente procura fazer sério o tempo inteiro. É legal resgatar isso, de todos que participaram. 

Clima
O ambiente é muito bom. Hoje, tiveram três gerações, com respeito muito grande. Eu fico fico feliz em poder oferecer este momento aos jogadores e à torcida, que também precisa disso. Clima de festa, em momento delicado do país, e todos saíram satisfeitos do Maracanã. 

Na Copa América, o Maracanã vai ser só na final...
- Eu acho que o pessoal deve ter superstição. Pessoal achava que o Maracanã dava azar por ter muita pressão, mas eles esquecem que o que tem pressão pe chope. Quer fugir, jogando em São Paulo, Minas. É duro. Vê o principal Estádio do país e não poder jogar, se for para final. Os que estão na Seleção Brasileira não tem que ter medo de nada.