Vitória x Botafogo

Reprodução/Premiere

LANCE!
26/01/2021
22:26
Futebol Latino

Fim da angústia. No Barradão, o Vitória bateu o Botafogo-SP por 1 a 0 e sacramentou a permanência na Série B. Pior para o Figueirense, que está rebaixado para a Terceira Divisão do futebol nacional. O placar deixa o Leão na 15ª colocação, com 45 pontos. A Pantera é a 19ª colocada, com 34 pontos.

+ CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO DA SÉRIE B

Calendário

Na rodada final, o Vitória visita o Brasil de Pelotas e o Botafogo-SP recebe o Operário-PR. Os dois jogos acontecem na sexta-feira, a partir das 21h30 (Horário de Brasília).

Primeiro tempo morno

Faltou futebol ao longo dos primeiros 45 minutos no Barradão. Com uma postura mais tímida, o Vitória se soltou apenas na reta final, onde teve um gol anulado de Léo Ceara. No geral, o Rubro-Negro cozinhou a Pantera e jogou com o regulamento embaixo do braço para evitar surpresas desagradáveis.

Gol contra decide o jogo

Na etapa final o Vitória veio decidido a sacramentar a sua permanência na Série B. Em pouco mais de 10 minutos, o goleiro Igor precisou fazer ao menos três defesas e salvar o Bota. Na casa dos 14 minutos não teve jeito. Dudu cobrou falta, a bola desviou em Robson e tirou o goleiro da jogada, 1 a 0, Leão. O Bota resolveu sair para o jogo e assustou duas vezes com Elicarlos de fora da área. Em ambas, César defendeu.

VITÓRIA 1 X 0 BOTAFOGO-SP
Local: Barradão, Salvador (BA)
Data-Hora: 26/1/2021 – 21h15
Árbitro: Emerson de Almeida Ferreira (MG)
Auxiliares: Pablo Almeida da Costa (MG) e Magno Arantes Lira (MG)

Público/renda: pagantes/R$
Cartões amarelos: Fernando Neto (VIT), Robson, Edson Júnior, Valdemir, Raniele (BOT)
Cartões vermelhos: –
Gols: Robson (14‘/2ºT)

VITÓRIA: César; Van, João Victor, Wallace Reis e Leocovick; Guilherme Rend (Dudu, aos 8/2ºT), Lucas Cândido e Fernando Neto (Gerson Magrão, aos 31/2ºT); Thiago Lopes (Matheusinho, aos 19/2ºT), Léo Ceará e Alisson Farias (Marcelinho, aos 30/2ºT). Técnico: Rodrigo Chagas.
BOTAFOGO-SP: Igor; Raniele, Robson, Walisson Maia e Guilherme Romão; Edson Júnior (Elicarlos, ao 0/2ºT), Valdemir (Judivan, ao 0/2ºT), e Matheus Anjos (Dudu, aos 36/2ºT); Emerson (Matheus Índio, aos 11/2ºT), Ronald (Luketa, aos 29/2ºT) e Jeferson. Técnico: Moacir Júnior.