Gabriel Rodrigues
13/06/2019
21:24
Rio de Janeiro (RJ)

Com a força da torcida, o Vasco conseguiu a sua segunda vitória seguida e vai para a pausa da Copa América fora da zona do rebaixamento. Em um São Januário lotado, o Cruz-Maltino fez 1 a 0 sobre o Ceará, com gol de Danilo Barcelos, nesta quinta-feira, e chegou a nove pontos no Brasileiro. O Vozão segue com dez.

Após a pausa para a competição continental entre seleções, o primeiro compromisso do Vasco é contra o Grêmio, fora de casa, enquanto o Ceará encara o Fluminense, também como visitante.

Pressão inicial do Vasco
Empolgado pela vitória na última rodada (a primeira no Brasileiro) e necessitado do triunfo para ir à pausa da Copa América um pouco mais tranquilo, o Vasco começou a partida pressionando o Ceará. Logo no primeiro minuto de jogo, Marrony recebeu um belo passe de Tiago Reis dentro da área, pelo lado esquerdo, cortou o defensor e bateu forte. Diogo Silva espalmou para escanteio. Três minutos depois, nova chance para o Cruz-Maltino. Rossi cruzou pela direita, a bola desviou em Tiago Reis e sobrou para Marcos Júnior, que bateu bonito, de voleio, mas fraco, e o goleiro adversário defendeu sem muita dificuldade. Os lances empolgaram ainda mais a torcida vascaína, que compareceu em bom número, em São Januário.

A pressão do Vasco seguiu durante todo o primeiro tempo. Os donos da casa tiveram 69% de posse de bola e nove finalizações, enquanto o Ceará não chutou uma vez sequer ao gol de Fernando Miguel na primeira etapa. Mas, pouco criativo, o Cruz-Maltino não teve mais nenhuma chance clara. Rossi até tentou bastante pelo lado direito e foi o que mais procurou o jogo, mas esbarrou na defesa do Vozão e, às vezes, nos próprios erros.

Jogo aberto
Se o primeiro tempo foi todo do Vasco, a etapa final foi mais aberta. Com Valdivia no lugar no Tiago Reis, a equipe carioca teve mais criação pelo meio. E foi por alí que o Cruz-Maltino teve a sua melhor chance. Marcos Júnior avançou sem marcação e arriscou de fora da área, para boa defesa de Diogo Silva. Enquanto isso, o Ceará começou a ameaçar nos contra-ataques, principalmente com Mateus Gonçalves.

Ceará assusta
Aos 18 minutos, o mesmo Mateus Gonçalves avançou com liberdade pela direita, mas errou o passe ao tentar para o meio da área. Dois minutos depois, o Vozão quase abriu o placar. Dessa vez pela esquerda, Romário recebeu dentro da área e rolou para Ricardinho, que chutou em direção ao gol, mas acertou o próprio centroavante do Ceará e a bola saiu pela linha de fundo.

Alívio no fim
Quando tudo parecia se encaminhar para um empate ruim para ambas as equipes, o Vasco conseguiu o gol salvador. Aos 34 minutos, Valdívia cobrou escanteio pela direita, Henríquez cabeceou na trave e a bola sobrou para Danilo Barcelos, que mandou para o gol. O lance chegou a ser revisado pelo VAR, mas, para a alegria da torcida vascaína, o gol foi confirmado. Três minutos depois, o Cruz-Maltino quase ampliou com Valdivia em cobrança de falta, obrigando Diogo Silva a fazer mais uma boa defesa. Para alívio dos que lotaram São Januário, Barcelos já havia garantido os três pontos.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 x 0 CEARÁ


Data/hora: 13/06/2019, às 19h15
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP) - Nota LANCE!: 6,0, não atrapalhou o andamento da partida.
Auxiliares: Alex Ang Ribeiro (SP) e Daniel Luis Marques (SP)
Gramado: Bom
Público/Renda: 18.562 pagantes/R$ 444.904,00
Cartões amarelos: Luiz Otávio e Fabinho (CEA)
Cartões vermelhos: -

Gol: Danilo Barcelos, 34'/2ºT (1-0)

VASCO: Fernando Miguel; Yago Pikachu, Oswaldo Henríquez, Ricardo Graça e Danilo Barcelos; Raul, Andrey (Jairinho, 22'/2ºT) e Marcos Júnior; Rossi, Tiago Reis (Valdivia - Intervalo) e Marrony (Lucas Mineiro, 39'/2ºT). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

CEARÁ: Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e João Lucas; Fabinho, Ricardinho, Thiago Galhardo (Felipe Baxola, 40'/2ºT) e Fernando Sobral; Leandro Carvalho (Mateus Gonçalves, 17'/2ºT) e Bergson (Romário, 20'/1ºT). Técnico: Enderson Moreira.