Vitinho e Everaldo

Vitinho e Everaldo: atacantes vão disputar clássico desta tarde (Montagem: Lance!)

LANCE!
12/10/2018
14:24
Rio de Janeiro (RJ)

O Fla-Flu deste sábado coloca frente a frente a balança do investimento. De um lado, a maior contratação da história do Flamengo, com montante de R$ 44 milhões, vinda da Europa e apresentação em um Maracanã lotado. Do outro, um nome até então desconhecido do grande público e uma chegada tímida ao Fluminense, por empréstimo junto ao São Bento, do interior de São Paulo, sem custos. As expectativas em torno das contratações de Vitinho e Everaldo foram bem diferentes e, inicialmente, inversamente proporcional às respostas em campo.

Neste sábado, no Maracanã, Vitinho, pelo Flamengo, e Everaldo, pelo Fluminense, buscam boas atuações para, quem sabe, marcar o nome na história do clássico.

Vitinho chegou ao Flamengo no fim de julho. De lá para cá, 17 participações e um gol, contra o Internacional. O jogador, que estava no CSKA, da Rússia, inicialmente, não conseguiu engrenar e alternou jogos como titular e reserva. Contra o Corinthians, porém, teve boa atuação - ele mesmo considerou a melhor até aqui com a camisa rubro-negra.

O camisa 14 estreou pelo Fla logo no começo de agosto, contra o Grêmio, na Copa do Brasil, em jogo que terminou empatado em 1 a 1. O jogador, que foi contratado para ser o substituto de Vinicius Júnior, já foi testado também como um "falso 9".

Em recente entrevista ao LANCE!, Mauricio Barbieri, ex-técnico do Flamengo, falou sobre Vitinho, ressaltando que é necessário um tempo de adaptação.

- Muito se fala desta questão do valor que envolveu, contratação mais cara, mas lembro que o Everton Ribeiro, até então, era a contratação mais cara e, quando eu cheguei ao clube, era tido como alguém que não tinha dado certo. Levou um tempo para ele se adaptar e ele vem fazendo um ano próximo do que se espera dele. Acho que, com o Vitinho, é inevitável que aconteça isso. É um jogador de qualidade. Acho que as pessoas atrelaram o valor ao rendimento imediato dele, mas não podemos perder de vista que o valor está atrelado ao que ele vai entregar no futuro e até uma possibilidade de revenda dele, onde o Flamengo vai recuperar esse valor. Não é porque o Flamengo pagou 10 milhões (de euros, cerca de R$ 44 milhões) que ele vai chegar e fazer um gol toda semana - disse.

Poucos dias antes, Everaldo acertava com o Tricolor. Neste período, também fez 18 jogos e tem um gol a mais, contra o Deportivo Cuenca (EQU) e a Chapecoense. Porém, mesmo em pouco tempo, parece ter caídos nas graças da torcida, que inclusive, já fez canções para o jogador. Apelidos como "Cristiano Everaldo" e músicas o relacionando com o craque português viraram costume nas arquibancadas.

O custo-benefício faz de Everaldo um dos melhores investimentos desta temporada. O contrato de empréstimo do atacante é válido até 17 de maio de 2019 junto ao Velo Clube, time do interior de São Paulo. O acordo fixa 50% dos direitos do atleta na casa dos R$ 2 milhões, valor considerado dentro do orçamento para um clube que vive dificuldades financeiras.

Antes de se firmar como titular do Fluminense, Everaldo precisou superar a desconfiança da torcida. Foi anunciado na mesma semana que nomes de peso como Luciano, Digão e Junior Dutra, o que o deixou atrás no quesito expectativa. A estreia aconteceu no dia 22 de julho, na vitória por 2 a 1 contra o Sport, na Ilha do Retiro. Então, não demorou para cair nas graças do torcedor.

Com a irregularidade do setor ofensivo, superou a concorrência de Marcos Júnior e Matheus Alessandro antes de se firmar. A titularidade absoluta veio na 22ª rodada, contra o São Paulo, no empate por 1 a 1 com o Morumbi. Contra o Flamengo, o primeiro clássico contra o Rubro-Negro e a chance de virar ainda mais xodó da torcida.