Ana Canhedo e Marcio Porto
13/01/2019
14:02
São Paulo (SP)

As delegações de Corinthians e Santos se reuniram no CT Joaquim Grava, na capital paulista, antes de amistoso entre as equipes na Arena de Itaquera. Elenco, diretorias e funcionários dos dois clubes participaram de um almoço juntos como parte de iniciativa para promover um clássico da paz. A grande ausência foi Jorge Sampaoli, técnico do Peixe. 

Segundo informou a assessoria de imprensa do Santos, Jorge Sampaoli teve fortes dores de cabeça pela manhã e precisou ficar em repouso no hotel onde a delegação está hospedada na capital. O clube informou ainda que ele foi medicado e participará do jogo na Arena. 

Nenhum representante dos dois clubes conversou com a imprensa, que foi convidada para acompanhar parte do almoço. Portanto, os dirigentes do Santos não comentaram a ausência de Sampaoli. Ainda não é certo se ele concederá entrevista coletiva após o amistoso.

Depois de almoçarem juntos, os dois elencos posaram juntos para uma fotografia oficial. Jogadores comeram em um local, enquanto os dirigentes, em outro. Os presidentes Andrés Sanchez, do Corinthians, e José Carlos Peres, do Santos, ficaram todo o tempo lado a lado.

Cerca de 29 mil ingressos foram vendidos para o clássico que terá torcida única. Só haverá torcedores do Corinthians, mas a renda será dividida entre os dois clubes.