Pedro Alvarez 
07/10/2021
20:34
São Paulo (SP)

São Paulo e Santos empataram por 1 a 1, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O jogo disputado nesta quinta-feira (7), no Morumbi, foi o primeiro clássico após a volta da torcida no estado de São Paulo. Em partida dominada pelo time da casa, jogo teve momentos eletrizantes.

Com o placar, o São Paulo alcança os 29 pontos na tabela do Brasileirão, mas segue na 14ª posição do campeonato. O Santos, por sua vez, chega a 25 pontos somados, mas também se mantém na mesma posição que ocupava antes da partida, a 16ª.

ATUAÇÕES: Calleri volta a marcar, mas Rigoni é o destaque Tricolor no San-São

PRIMEIRO TEMPO COMEÇA COM GOL DO SANTOS

A partida começou de forma intensa, com o São Paulo se lançando ao ataque e o Santos pressionando a saída de bola. Aos cinco minutos, o placar foi inaugurado pelos visitantes, quando Carlos Sánchez recebeu a bola de Vinícius Zanocelo e acertou um chuto de fora da área, para colocar o Peixe na frente.

SÃO PAULO PRESSIONA, SANTOS ENCONTRA ESPAÇOS

Após o gol, o São Paulo buscou ainda mais o ataque, explorando, principalmente os lados de campo, com Rigoni fazendo boas jogadas pela direita. Enquanto isso, o Santos explorou o contragolpe e se aproveitou de espaços deixados pelo Tricolor no meio de campo. Nenhuma das duas equipes conseguiu criar alguma chance mais perigosa.

SÃO PAULO EMPATA COM CALLERI


Aos 31 minutos de jogo, em chute de Rodrigo Nestor, a bola tocou no braço de Vinícius Baliero. O juiz Raphael Claus não apitou, mas foi chamado pelo VAR e, após a revisão, deu o pênalti para o São Paulo.

Antes da cobrança, porém, Calleri e Luciano tiveram uma discussão mais nervosa para ver quem bateria o pênalti. O argentino convenceu o camisa 11 e converteu a cobrança para fazer seu primeiro gol em sua segunda passagem pelo Tricolor paulista e comemorou com Luciano.

FIM DE PRIMEIRO TEMPO

O restante da primeira etapa foi marcado por domínio são-paulino. Após o gol de empate, o nervosismo diminuiu e a equipe conseguiu criar melhor, tendo Luciano e Rigoni como dupla mais criativa. Santos recuou e não conseguiu achar boas saídas, defesa foi pressionada na saída de bola.

São Paulo x Santos
Clássico terminou empatado no Morumbi (Foto: Ivan Storti/Santos FC)

SEGUNDO TEMPO COMEÇA COM SÃO PAULO DOMINANDO

A segunda etapa foi iniciada com relativo equilíbrio, mas que não durou mais do que cinco minutos. Na primeira metade do segundo tempo, o São Paulo controlou as ações da partida e criou boas chances no ataque. Com Rigoni, Calleri e Luciano se entendendo bem no ataque, o time apertou e por pouco não virou o jogo.  Do lado do Santos, João Paulo teve boa atuação, impedindo gol de Luciano e, em outra jogada, contou com um desvio da defesa para afastar uma finalização de Igor Gomes.

SANTOS ENCONTRA CHANCES E JOGO FICA MAIS EQUILIBRADO

Na segunda metade da etapa complementar, o time Santos conseguiu encontrar algumas maneiras de chegar ao ataque e quase voltou a ficar na frente do placar, se não fosse por Miranda, que tirou a bola em cima da linha.  O lance foi interrompido pelo assistente na sequência, avaliando impedimento no início da jogada.

Mesmo com maior equilíbrio, o Tricolor seguiu criando mais e seguiu levando mais perigo ao gol santista e ocupando o campo de ataque. 

FIM DE JOGO FICA ELETRIZANTE, MAS PARTIDA TERMINA EM EMPATE

Os últimos minutos do jogo foram muito disputados, Com o São Paulo se abrindo no campo de ataque e pressionado o rival, o time de expôs, permitindo ao Santos encaixar bons ataques, parando em boa defesa de Tiago Volpi e, ao final da partida, em boa interceptação de Welington. O Tricolor criou e chegou ao ataque, mas não conseguiu mais finalizações perigosas. A partida terminou em 1 a 1.

O São Paulo soma seu quarto empate seguido e volta a campo na próxima segunda-feira (11), para enfrentar o Cuiabá, fora de casa. O Santos, por sua vez, chega a seu nono jogo seguido sem vitória no Brasileirão. O próximo jogo é decisivo, contra o Grêmio, na Vila Belmiro, no domingo (10), às 16h.
 
SÃO PAULO X SANTOS
Local: Estádio do Morumbi, São Paulo (SP)
Data e horário: 7 de outubro de 2021, às 18h30
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP), Evandro de Melo Lima (SP) e Matheus Delgado Candançan (SP) (Quarto árbitro)
VAR: Daiane Caroline Muniz dos Santos (SP)

Gols: Carlos Sánchez (5'/1ºT) (0-1), Calleri (34'1ºT/2ºT)
Cartões amarelos: Welington (SAO) Vinícius Baliero, Danilo Boza e Marcos Guilherme (SAN)
Cartões vermelhos: - 

SÃO PAULO
Tiago Volpi, Igor Gomes, Miranda, Léo e Welington; Luan (Gabriel, aos 32'/2ºT), Nestor (Liziero, aos 40'/2ºT) e Luciano; Rigoni, Marquinhos (Gabriel Sara, aos 10'/2ºT) e Calleri (Benítez, aos 40'/2ºT).
Técnico: Hernán Crespo

SANTOS
João Paulo; Vinícius Balieiro, Emiliano Velázquez e Wagner (Lucas Braga, aos 19'/2ºT); Marcos Guilherme, Camacho (Danilo Boza, aos 34'/2ºT), Vinícius Zanocelo, Carlos Sánchez (Pirani, aos 34'/2ºT) e Felipe Jonatan; Marinho e Léo Baptistão (Tardelli, aos 30'/2ºT).
Técnico: Fábio Carille