Joel Silva, Lazlo Dalfovo e Sergio Santana
10/05/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

O primeiro clássico carioca neste Campeonato Brasileiro vai abir a quarta rodada. Às 16h (de Brasília) deste sábado, o Maracanã será palco do confronto entre Fluminense e Botafogo. E é bom os torcedores presentes não piscarem, pois, além da alta expectativa pelo encontro dos dois líderes de posse de bola da competição, o lado direito dos respectivos ataques contarão com dois velocistas e potenciais protagonistas: Yony González e Erik.

Antes mesmo de chegar ao Fluminense, o colombiano recebeu nos seus tempos de Junior Barranquilla a alcunha de Speedy González, devido a sua velocidade em campo. O apelido caiu como uma luva, porque Speedy González é o nome original do Ligeirinho, desenho de sucesso no Brasil por muitas décadas.

Assim como o ratinho, Yony caiu rapidamente nas graças da galera. Esse ano o atacante já marcou 10 gols e está a um de igualar a sua melhor marca na carreira, que foi justamente na temporada passada. No entanto, precisou de apenas 24 partidas para alcançar a atual marca, enquanto em 2018 precisou de 51 jogos.

- Eu penso que a velocidade é uma maneira para eu conseguir superar os meus rivais dentro de campo. Estou feliz com o meu desempenho no Fluminense, por fazer os gols, dar assistências para os meus companheiros e fazer partidas importantes. Eu sempre sonhei em jogar no Brasil e graças a Deus estou jogando bem. Quero seguir trabalhando para continuar dando o melhor em campo - contou Speedy González, vivendo um momento especial na carreira.

Do outro lado, a aposta do botafoguense também é alta. Em 2019, Erik soma oito gols em 19 partidas pelo Botafogo, cuja artilharia interna pertence ao próprio camisa 11. O ponta alvinegro aprimora a sua velocidade e arrancada com a bola diariamente no Estádio Nilton Santos, onde a lenda do atletismo Usain Bolt fez história na Rio-2016, e faz questão de externar a sua satisfação com o apelido de "The Flash".

- Eu amo tudo que tem velocidade. Vejo "Flash" (série de TV), acompanho Fórmula 1, no videogame eu só escolho os times mais rápidos - comentou Erik, em entrevista ao site da CBF, completando:

- Vou sempre me desafiando, tentando a cada dia fazer um treino mais veloz do que o outro. O futebol nem sempre é só velocidade, mas sei que é uma qualidade que tenho. Espero nunca perdê-la - falou o atacante e xodó da torcida alvinegra, emprestado pelo Palmeiras até o fim do ano.

Enquanto o Fluminense busca a segunda vitória no Brasileirão, com três pontos acumulados após a épica virada sobre o Grêmio, o Botafogo vai atrás de seu terceiro triunfo consecutivo e o seu primeiro em clássicos nesta temporada - em três partidas. A quem for ao jogo ou não, é aconselhável que todos fiquem ligados no Tempo Real do LANCE! para que a dupla não deixe os torcedores comendo poeira em alguma jogada.